quarta-feira, 5 de março de 2014

Para cristãos, Quaresma é tempo de oração e penitência


Maria hilma costuma seguir a risca as tradições do período como forma de penitência

A quarta-feira de cinzas dá início a um período muito importante para a igreja católica. Milhares de fiéis intensificam as orações, fazem penitência e jejum em preparação para a chegada da Páscoa. Essa preparação existe desde o tempo dos Apóstolos, que limitaram sua duração há 40 dias, em memória do jejum de Jesus Cristo no deserto. Para os evangélicos, o período é como qualquer outro, onde são feitas orações normalmente.
Segundo as tradições, nessa época do ano muitas pessoas abrem mão da carne vermelha para comer apenas peixe e frango, em especial na sexta-feira, que lembra o dia da morte de Jesus. A dona Maria Hilma Santana costuma seguir a risca esses tradições como forma de penitência e esforço individual para se preparar para a páscoa. Porém, para ela, o mais importante é poder ajudar as pessoas que precisam.
"Na quaresma a gente aumenta as orações. É como se eu tivesse fazendo algo a mais do que fazia antes, rezando mais e fazendo penitência, abstinência e jejum, que faço sempre na semana santa. Pra mim, a quaresma representa união e partilha com as outras pessoas que não tem o que comer naquele dia. Sempre as pessoas aqui no meu bairro passam nas casas para pedir ajuda e eu sempre ajudo. Vemos a mesa, nesse período, sempre com uma coisa diferente e eu penso que posso ajudar as pessoas que não tem muita condição", afirma dona Hilma.
Esse período de preparação, para a religião católica, é reservado para a reflexão e conversão espiritual. Ou seja, o católico busca se aproximar de Deus, visando o crescimento espiritual. Nesse tempo, segundo o Vigário Geral de Teresina, padre Toni Batista, a Igreja propõe, por meio do evangelho proclamado na quarta-feira de cinzas, três grandes linhas de ação: a oração, a penitência e a esmola.
"Mas precisamos atualizar esses conceitos, a esmola hoje não é dá trocados no semáforo, mas está ao lado dos menos favorecidos, isso é a escola verdadeira. Quanto a penitência e jejum, também precisamos descobrir o que significa. A penitência pode ser da minha língua de falar dos outros e o jejum não é só de comida, não existe problema em deixar de almoçar ou jantar um dia, mas o jejum pode ser de outras formas, pode ser de algo que você goste muito, uma cerveja, um cigarro, etc.", explica.
Segundo o padre Toni Batista, esse período é parte do ano litúrgico da Igreja Católica, que começa com o nascimento de Jesus Cristo. "O ano da igreja não coincide com o ano civil, enquanto o ano civil começa dia 1º de janeiro e encerra dia 31 de dezembro, o ano da igreja começa com o advento. Durante todo o ano vivemos o ministério da vida, de forma pedagógica. Primeiro vem o advento, que é o momento de preparação para o nascimento de Jesus no natal. Em seguida, a quaresma vem como tempo preparação para a páscoa na ressurreição", afirma.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...