quarta-feira, 9 de julho de 2014

Homem morre em competição de quem come mais cachorros-quentes nos EUA

Competições de comida são comuns no feriado de 4 de julho nos Estados Unidos. O vencedor comeu 61 hot dogs em dez minutos
Kindle inShare

Americanos participam de competição para ver quem come mais cachorros-quente em Coney Island, Estados Unidos (Foto: John Minchillo/AP) 

A comemoração de 4 de Julho, dia da Independência dos Estados Unidos, terminou em tragédia em Custer, na Dakota do Sul. Um homem morreu na noite de quinta-feira (3), durante uma competição de quem come mais cachorros-quentes na cidade, de acordo com a Associated Press e a imprensa local.

Walter Eagle Tail, de 47 anos, participava da competição quando engasgou com um cachorro-quente. Médicos no local tentaram ajudá-lo, sem sucesso. Ele foi levado com urgência ao hospital, mas não resistiu. "Ele simplesmente sufocou. Tinha muita comida alojada em sua garganta que não conseguiram tirar", disse Rick Wheeler, xerife local, segundo o jornal local Rapid City.

A morte de Eagle Tail fez com que a Câmara do Comércio da cidade, que patrocinava o evento, cancelasse as comemorações do feriado, entre elas uma competição de quem come mais tortas. Segundo o xerife, foi a primeira vez que alguém morreu durante as festividades.

Competições de comida são comuns nos Estados Unidos como parte das comemorações do feriado da Independência, e acontecem todo os anos em Custer. O atual campeão da modalidade é Joey Chestnut. Ele comeu 61 hot dogs em dez minutos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

STF mantém demissão sem necessidade de justa causa no Brasil; ENTENDA

Com seis votos favoráveis, os ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) validaram o decreto 2.100/1996, do ex-presidente Fernando He...