sexta-feira, 17 de julho de 2015

Algodões - Construindo um sonho na busca de uma nova realidade

 
Fonte: Tropical Noticias
Raimundo Martins

Seis anos após o rompimento da Barragem de Algodões I, em Cocal, a 268 quilômetros ao Norte de Teresina, o Governo do Estado, através do Instituto de Desenvolvimento do Piauí (Idepi), e uma equipe de técnicos do Consorcio Pirangi, formados pelos os engenheiros Dr. Alysson Gomes, da Construtora Jurema, e Dr. Antonio Marcos, da Empresa Hídros, deram início à construção da Nova Barragem de Algodões neste mês de Julho. 


A autorização veio do Ministério da Integração Nacional. O investimento da obra é de R$118 milhões e vai beneficiar cerca de 136 mil famílias da região.

Segundo o diretor de engenharia do Idepi, Ribamar Bastos, o novo reservatório não aproveitará em nada a estrutura do antigo e será construído em Concreto Compactado a Rolo (CCR), com a capacidade de acumular 52 milhões de metros cúbicos de água.

A obra trará como benefício à perenização do Rio Pirangi, desenvolvimento da pesca na região, abastecimento humano e a irrigação de pequenas propriedades.

Antes de construir a barragem foi necessário fazer o estudo de impacto ambiental.


Dessa forma, a barragem terá um grande corredor ecológico, que tem como função preservar os ecossistemas já existentes no rio e respectivas margens.

Os benefícios da obra são grandes, como a geração de empregos e renda nos vários setores da cadeia produtiva local: ecoturismo, esporte e lazer, irrigação de pequenas e grandes propriedades, piscicultura, água para consumo humano e de animais; navegação, estética e preservação ambiental.

Com a construção da nova barragem traz segurança para aqueles que com certeza retornarão ao seus lugares de origem, com novas condições de trabalho para uma sobrevivência digna.

A comunidade ribeirinha deve buscar uma gestão compartilhada dos usos múltiplos da água visando a criação e fortalecimento do seu comitê de gestão da barragem Algodões de acordo com exigência da lei Federal de recursos hídricos, gerando muitos benefícios para a comunidade, como a captação de recursos financeiros juntos aos órgãos federais para agilizarem seus projetos em várias áreas.

A construção de uma barragem depende de um sério e aprofundado estudo técnico de impacto ambiental que leva em consideração a população humana, geologia do solo, os seus recursos hídricos e toda fauna e flora do meio ambiente local e regional .

O rigor técnico na construção da barragem demonstra a responsabilidade socioambiental por parte do governo: federal ,estadual e municipal com a população,que não adiante construir por construir e necessário compromisso com a qualidade dos serviços prestado as comunidades.







 


 




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...