sexta-feira, 17 de julho de 2015

Marin tomou água de torneira com medo de ser envenenado

Dirigente está preso em Zurique, na Suíça desde o dia 27 de maio e aguarda decisão sobre extradição para os EUA
Do luxo ao desespero. Nos primeiros dias de cárcere, o ex-presidente da CBF, José Maria Marin evitou tomar água mineral europeia e optou pela água de torneira, com medo de ser envenenado. O dirigente também dispensou os mimos que recebeu na prisão, com o temor de estar ingerindo veneno. A informação foi divulgada nesta quinta-feira no "Blog do Perrone", do portal "Uol".


Segundo o blog, o relato foi divulgado por alguém próximo a Marin. Como advogado, o cartola sempre disse aos amigos que um dos maiores riscos de quem é preso é a possibilidade de ser envenenado dentro do presídio. Desse modo, o ex-mandatário da CBF optou por beber apenas água de torneira nas primeiras 72 horas de detenção.

Além disso, o blog afirma que Marin não sabe falar inglês e por isso não conseguia se comunicar bem com os carcereiros, o que gerou um desespero. O mandatário só ficou mais calmo quando recebeu um telefonema da esposa Neusa, quando foi informado de que seus amigos no Brasil não se voltaram contra ele após a prisão.

Outro problema enfrentado pelo cartola foi arranjar os remédios para o estômago e pressão. Após muito tentar, os advogados de Marin conseguiram uma receita em inglês do seu médico no Brasil.

Nesses 51 dias preso, o dirigente tentou se adaptar à rotina da detenção e aparentemente está bem. Em um contato com os filhos e a esposa, através de uma carta, Marin disse que está pagando o preço pela sua vida e chegou a pedir perdão para a família.

Por fim, o "Blog do Perrone" relata que o cartola está aguardando ansiosamente pela decisão da Justiça suíça sobre a sua extradição para os Estados Unidos, país que comanda as investigações do caso de corrupção na Fifa.

A primeira audiência aconteceu na última terça-feira, mas a decisão dos suíços deve sair apenas entre os dias 3 e 6 de agosto.


Fonte: JL/Veja

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...