terça-feira, 18 de agosto de 2015

ECONOMIA: Número de cheques sem fundos no Brasil bate recorde em julho, diz Serasa.

  O percentual de cheques devolvidos por falta de fundos foi recorde em julho, informou, nesta terça-feira, a Serasa Experian. O índice de dois virgula 29 por cento é o mais alto para o mês, desde que a série foi criada, em 1991. No mesmo mês do ano passado, a taxa havia sido de dois virgula 24 por cento. Considerando os sete primeiros meses do ano, o percentual de devolução de cheques sem fundos no país foi de dois virgula 20 por cento, o segundo maior para o período desde o início do levantamento – essa taxa só foi superior em 2009, quando ficou em dois vírgula 29 por cento. Desemprego, inflação e juros em alta estão causando dificuldades para os consumidores honrarem seus pagamentos, de acordo com os economistas da Serasa Experian. Assim, a existência dos cheques que acabam sendo devolvidos pela segunda vez por falta de fundos aumenta. Apesar da alta no país, em São Paulo, o percentual de cheques sem fundos ficou em um vírgula dois por cento, o menor dos últimos cinco anos. Já Roraima liderou o ranking, com quase 11 e meio por cento de devoluções. Entre os estados com maior inadimplência em cheques aparecem também Amapá, com 10,69 por cento, Sergipe ,10,11 por cento, Piauí, com nove vírgula 65 por cento e Maranhão, com oito vírgula 76 por cento.
 
Reportagem, Vânia Almeida.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...