sexta-feira, 18 de setembro de 2015

ATENÇÃO!!! DECON alerta consumidores para golpe aplicado via internet

O Programa Estadual de Proteção e Defesa do Consumidor (DECON), do Ministério Público do Estado do Ceará (MPCE), diante do aumento no número de reclamações feitas no Órgão por consumidores que realizaram comprar via internet, alerta para um golpe que está se tornando comum na rede, o phishing.
A fraude eletrônica consiste no envio de e-mails com o logotipo de uma instituição conhecida orientando o consumidor a clicar em um link para ter acesso a uma oferta imperdível, a sorteios ou para atualizar dados cadastrais, por exemplo. Ao seguir a recomendação, o consumidor entra em um site falso, fornece informações pessoais e tem seus dados capturados pelos criminosos.


As consequências desse tipo de fraude podem ser: computadores infectados por vírus, desfalques em contas bancárias e em programas de milhagens, e compras realizadas sem o conhecimento do consumidor. Em alguns casos, a vítima entra em um site para fazer compras, e, ao optar pelo pagamento via boleto bancário, imprime um documento falso e acaba depositando o valor na conta bancária dos golpistas. Geralmente, as vítimas demoram para perceber que caíram em um golpe.


Na maioria dos casos, por se tratar de fraude onde não é possível localizar o endereço do fornecedor, a ida ao Órgãos de Defesa do Consumidor não é suficiente para resolver a demanda. Os consumidores prejudicados devem comparecer à delegacia para registrar um boletim de ocorrência e buscar ressarcimento na Justiça. Para evitar esses transtornos, os consumidores devem ficar atentos às dicas:
Desconfie de e-mails com solicitações urgentes sobre questões financeiras ou de ordem legal.


Fique atento a erros de ortografia nas mensagens.


Desconfie de preços muito baixos.


Em vez de clicar no link contido no e-mail, digite o endereço da empresa na barra do navegador.


Desconfie de sites que não ofereçam formas alternativas de contato, como telefone, endereço físico, e-mail.


Desconfie de vendas praticadas através das redes sociais.


Se duvidar da veracidade do site da instituição bancária, digite uma senha errada de propósito. Se ela for aceita, provavelmente o site é falso. Mas atenção: alguns sites chegam a recusar a primeira tentativa de senha, exatamente para tentar driblar esse truque.


A Fundação Procon São Paulo mantém uma lista atualizada de sites que devem ser evitados.


Via Cearanews7

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...