sexta-feira, 4 de setembro de 2015

Irmão do ex-goleiro Bruno é preso suspeito de seis estupros em Teresina



A Polícia Militar prendeu em flagrante na tarde de ontem, quinta-feira (3), Rodrigo Fernandes das Dores de Sousa, pelo estupro de uma menor em Teresina. O crime estava sendo investigado pela DPCA. Rodrigo também estava sendo investigado pela equipe da Delegacia da Mulher da Zona Sudeste pela prática de outros estupros, tendo na referida delegacia quatro inquéritos policiais em andamento, com seis vítimas, contra o suspeito.



De acordo com a delegada Anamelka Cadena, Rodrigo foi reconhecido pelas vítimas. A equipe da delegada também realizou percursos por onde o suspeito poderia ter passado antes de praticar os crimes e conseguiu coletar imagens de câmeras que mostram a aproximação do mesmo com algumas vítimas.

Não é a primeira vez que Rodrigo Fernandes se envolve em acusação semelhante. Em setembro de 2013, ele foi preso após denúncia de ter cometido estupro em Teresina. Mas em 2014, depois de passar oito meses preso e sete respondendo em liberdade, ele foi inocentado por falta de provas suficientes para comprovar o crime.
Em entrevista à TV Cidade Verde, Rodrigo, que é morador de Caxias (MA) declarou que é inocente e que estava em Teresina somente resolvendo problemas pessoais junto à esposa.

O irmão de Bruno foi levado para a Central de Flagrantes de Teresina onde foi reconhecido por uma das vítimas, uma adolescente de 17 anos. De acordo com a polícia, o crime teria acontecido ontem no bairro Satélite.

"Ela estava caminhando quando o suspeito fez a abordagem em uma moto. Ele perguntou pra ela um endereço e ela disse que não sabia e continuou caminhando. Ele insistiu e falou que era um assalto. A vítima passou a bolsa, mas ele disse que não queria a bolsa e pediu que ela subisse na garupa da moto. Foi aí que ele a levou para o local do crime", afirmou o tenente Miguel Luz, comandante da Força Tática do 1º BPM.

A adolescente procurou a Delegacia de Proteção ao Menor para fazer a denúncia. O crime chegou a ser noticiado em alguns veículos de comunicação e o suspeito compareceu à sede de uma emissora de TV na manhã de ontem, exigindo direito de resposta e negando autoria do crime.

Segundo a polícia, ele se exaltou e chegou a ameaçar uma jornalista. A polícia foi chamada, mas quando chegou ao local o suspeito já tinha saído. Foi quando tiveram conhecimento que ele estaria na rodoviária de Timon, onde foi preso.

Segundo a delegada Anamelka Cadena, o suspeito já vinha sendo monitorado. De acordo com ela, há informações de que em dois casos, mulheres teriam sido estupradas ao mesmo tempo.

"A gente tinha o monitoramento dos casos de estupro na nossa região. A gente estava só aguardando esse mandado de prisão sair para cumprir. As vítimas fizeram o reconhecimento do agressor. Fizemos o caminho que ele abordava as vítimas e praticava o ato em local mais ermo", afirmou.

 Fonte: cidadeverde.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...