terça-feira, 20 de outubro de 2015

Mãe é constrangida por amamentar em restaurante na zona Leste e grupo faz mamaço



Uma jovem mãe de Teresina foi constrangida durante o momento em que amamentava seu filho no restaurante Coco Bambu, na zona Leste de Teresina, na última semana. O constrangimento é proibido pela Lei Nº 4.778, sancionada em Teresina no início do mês de setembro. Em protesto, diversas mães realizaram um mamaço em vários pontos de Teresina e organizam um ato ainda maior para as próximas semanas. De acordo com a fotógrafa Dayne Dantas, que já realizou um ensaio fotográfico na capital contra a erotização e o constrangimento durante a amamentação, a mãe vítima das ofensas se sentiu muito mal com a ação. 

"Ela estava com a família e sentiu que estava recebendo olhares constrangedores de outros clientes. Então um garçom chegou dizendo que eles tinham fraudaria, se ela não queria ir amamentar lá, porque seria mais confortável. Ela disse que não e ele insistiu muito. Pouco tempo depois o pessoal da mesa próxima foi embora. Ela se sentiu muito mal", declarou.

Depois disso, diversas mães de Teresina que interagem por meio de um grupo no WhatsApp, organizaram uma espécie de "tour" pela cidade. Elas foram até o restaurante onde o fato ocorreu e fizeram uma fotografia onde dez mães estão amamentando seus bebês.

"Quando chegamos fomos recebidas pela proprietária do lugar, acho que ela ficou sabendo do que estávamos organizando e disse que queria saber quem era o funcionário. Ela pediu desculpas pela situação", disse Dayne.

Além do restaurante, as mães fizeram ainda fotos na Ponte Estaiada e no Parque Potycabana. Segundo Dayne, o ato de amamentar é extremamente importante e o constrangimento ocorre porque as pessoas erotizam o aleitamento.

"Nunca fui constrangida, se isso me acontecesse eu teria pena da pessoa. Eu a responderia de um jeito tão forte que ela aprenderia na mesma hora. Amamentar é gostoso, é sublime e é absolutamente normal. Não entendo porque as pessoas erotizam o ato. Com a bunda de fora na televisão ninguém se importa", finalizou a fotógrafa.

Mamaço e doação

Um mamaço ainda maior está sendo organizado para acontecer na Avenida Frei Serafim, Centro de Teresina. O objetivo é conscientizar para a importância do aleitamento sem preconceitos.

Na ação, as mães farão doação de leite materno para o banco de leite da maternidade dona Evangelina Rosa, que sofre com a falta de estoque do alimento para os bebês.

Lei

Sancionada no início de setembro pelo prefeito Firmino Filho, a Lei Nº 4.778, de autoria da vereadora Teresinha Medeiros (PPS), que obriga os estabelecimentos da capital a permitir o aleitamento em seus espaços, sob pena de multa.

A lei refere-se tanto aos estabelecimentos fechados quanto aos abertos, públicos ou privados. O estabelecimento que proibir ou constranger o ato de amamentação em suas instalações estará sujeito a multa no valor de R$ 500.


O objetivo é incentivar e proporcionar ambiente tranquilo para que as mães possam permanecer amamentando os filhos. O Ministério da Saúde e a Organização Mundial de Saúde (OMS) ressaltam que o leite materno pode fazer diferença na vida da criança, fortalecendo a imunidade e protegendo o organismo do recém-nascido.


fonte: cidadeverde.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...