quarta-feira, 21 de outubro de 2015

Professor é investigado em Parnaíba após pedir imagens íntimas de alunas


Um professor de história está sendo investigado pela Delegacia da Mulher de Parnaíba, após ser denunciado por pelo menos quatro alunas de um tradicional colégio no litoral do Piauí, de está solicitando imagens íntimas das adolescentes via aplicativo “telegram”. Após o caso ganhar repercussão, a instituição de ensino resolveu demitir o profissional e ingressar, juntamente com os responsáveis das garotas, com um inquérito policial.


Em um dos prints de conversas que chegaram até a mesa da delegada Maria de Jesus Bastos, um homem denominado como “JC” fala: “Até Hj espero a foto. Sinto que vc não irá me mandar”, [sic]. Um minuto depois, uma nova mensagem: “Vc só deve ta de camisola e mais nada”, [sic]. Segundo as investigações, o autor das frases é João Carlos Araújo de Sousa, professor de história de um dos colégios mais tradicionais de Parnaíba.

“Segundo as menores, o investigado pedia que elas instalassem um programa chamado telegram, que ficava responsável por apagar as mensagens. Se por acaso as vítimas fizessem um print da conversa, o suspeito seria comunicado imediatamente. Através desse aplicativo, ele pedia imagens sensuais das adolescentes. Em depoimento, ele negou as acusações e disse que os fatos não aconteceram como foi denunciado. Mas o inquérito policial continua, inclusive com solicitação de perícias”, afirmou a delegada Maria de Jesus Bastos, responsável pelo caso.

Ainda segundo a delegada, todas as vítimas já foram ouvidas. Em depoimento na delegacia, o investigado negou as acusações e explicou que foi mal interpretado. O MeioNorte.com esteve no colégio onde o caso foi registrado, mas a direção informou, por meio de uma funcionária, que não irá falar sobre o assunto. A nossa equipe de reportagem também esteve no endereço do suspeito que se encontra disponível no inquérito, porém o professor João Carlos não foi encontrado para falar sobre a denúncia.





Portal Meionorte:Por Kairo Amaral

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...