sexta-feira, 16 de outubro de 2015

Se o seu cabelo está caindo demais, veja um teste caseiro para verificar a anormalidade



Segundo a dermatologista Angélica Pimenta, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD), é comum que os fios caiam mais em determinado período da vida. Isso porque o cabelo passa por ciclos, que podem ser separados em três etapas: anágena, catágena e telógena.

A primeira é a fase de crescimento do fio e pode durar de 2 a 6 anos. A segunda, intermediária, é quando o fio amadurece e dura de uma a duas semanas. Já a última é quando tem início a eliminação dos cabelos mortos e aumenta consideravelmente a queda. Esse período que encerra o ciclo pode acontecer por cinco ou seis semanas. Depois disso, o natural é que os fios caiam e voltem a crescer, para ter início um novo ciclo.

Essa perda passa a ser preocupante apenas se a queda diária corresponder a mais de 15% dos fios. “Periodicamente passamos por uma troca capilar mais rápida e isso faz o cabelo cair de forma mais intensa, porém, não ultrapassa os 15% total”, explica a médica, que ensina a identificar se é preciso procurar ajuda de um especialista.

Teste caseiro de queda de cabelo

Para descobrir se sua queda merece atenção, observe o hábito comum de passar mãos nos cabelos. É natural que caiam fios a cada passada de dedos, mas fique atenta à quantidade.

Avalie: segure suas madeixas e puxe os fios. Se mais do que 15 fios caírem de uma vez só ao serem puxados, é motivo para recorrer a um dermatologista.

Indícios de queda anormal

Outros sintomas de anormalidade são o surgimento de falhas no couro cabeludo ou mesmo de áreas completamente sem cabelo. “Todas essas situações podem representar doenças de couro cabeludo que se não tratadas inicialmente, e de forma adequada, podem evoluir de forma desfavorável e às vezes ser irreversível”, alerta Angélica.

Um médico poderá realizar exames específicos para estudar a intensidade da queda e verificar se reposição dos fios acontece normalmente. “Muitas vezes nos preocupamos muito com a queda capilar, quando na verdade temos que nos preocupar se 100% dos fios que caem estão nascendo normalmente. Através desse exame conseguimos fazer essa análise, além de diagnosticarmos doenças, como por exemplo, a calvície”.

Casos especiais

A dermatologista Angélica Pimenta ainda tranquiliza e indica não se assustar se a queda de cabelo parecer mais intensa ao tomar banho. Segundo a médica, a perda de fios tende a ser maior mesmo quando lavamos e escovamos os fios.

Mulheres que acabaram de ter filhos também deverão notar uma queda acentuada de cabelo. Logo depois do parto os fios entram bruscamente na fase telógena e caem com frequência. O problema, em geral, acontece 60 dias após o nascimento e se estende por até seis meses. A média é cair cerca de 30% dos fios.


fonte: Bolsa de Mulher

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...