terça-feira, 15 de dezembro de 2015

Estado e Prefeitura pagam 13º salário a partir de quinta-feira


Secretário Rafael Fonteles, da Fazenda: esforço para garantir o pagamento do 13º salário dos servidores
O Governo do Estado e a Prefeitura de Teresina pagam ainda esta semana o 13º salário dos servidores públicos estaduais e municipais. O pagamento vai injetar mais de R$ 165 milhões na economia do Estado. Os mais de 90 mil servidores ativos e inativos do Estado recebem quinta e sexta-feira e no próximo dia 21. Segundo Rafael Fonteles, serão pagos em torno de R$ 150 milhões referentes à segunda parcela do décimo - a primeira é paga no mês de aniversário do servidor.
O pagamento será feito de acordo com a faixa salarial - quem ganha até R$ 788,00 recebe no dia 17; de R$ 788,01 a R$ 900,00 recebem no dia 18; e os que ganham mais de 900,00 terão seus rendimentos pagos na segunda-feira, dia 21. Os servidores da Prefeitura de Teresina, por sua vez, serão pagos todos de uma vez na quinta-feira, dia 17. Segundo dados da Secretaria de Administração, são cerca de 15.600 servidores que estão na folha de pagamento.
Assim como no Estado, eles também recebem a segunda parcela do décimo, já que a primeira parcela é paga junto com as férias do servidor. A Prefeitura também vai antecipar o pagamento dos salários de dezembro dos servidores - os contracheques estarão liberados nos dias 29 e 30 de dezembro, conforme informou ontem o secretário municipal de Finanças, Jalisson Hidd.
Embora mantendo os pagamentos em dia, tanto Estado como Prefeitura destacam as dificuldades financeiras enfrentadas durante o ano. O secretário estadual da Fazenda, Rafael Fonteles, informou que o Estado precisou fazer uma reserva de R$ 20 milhões por mês para garantir o pagamento do 13º. Segundo ele, um conjunto de medidas adotadas pelo governo desde o início do ano possibilitou o pagamento do 13º salário e o cumprimento da tabela de pagamento da folha.
Entre as medidas, está o programa de refinanciamento de dívidas de contribuintes com o fisco estadual, o Refis 2015, e a campanha do CPF na Nota, que garantiram recursos extras nas receitas estaduais. O prefeito Firmino Filho, por sua vez, disse que Teresina teve uma queda de arrecadação de aproximadamente R$ 70 milhões este ano, e lembrou que muitos estados e capitais estão enfrentando dificuldades, inclusive para honrar com o pagamento dos servidores. (Leia mais sobre pagamento do 13º da Prefeitura na página 11)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...