quinta-feira, 7 de janeiro de 2016

Cerca de 40% dos veículos do Piauí estão com débito no IPVA

Valor dos débitos do contribuinte com o Estado chega a quase R$ 1 milhão.
Até dezembro de 2015, apenas 5% dos devedores renegociação dívidas.
Do G1 PI

O ano começa, para o brasileiro, junto com o pagamento de inúmeros tributos e impostos. Segundo a Secretaria de Fazenda do Estado do Piauí (Sefaz) todo ano, de 30% a 40% dos veículos automotivos deixam de pagar o Imposto Sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA).

O número de condutores trafegando em atraso tem sido alto no Piauí. Com isso, o Estado deixa de arrecadar. Os inadimplentes já começaram a ser punidos pela Sefaz. Nos exercícios de 2009 e 2010 mais de 100 mil contribuintes tiveram os nomes negativados por conta de débitos com o IPVA e uma pequena parte tem procurado renegociar as dívidas. .

Segundo Flávio Albuquerque, procurador chefe da Procuradoria Geral do Estado, a medida foi decidida para poupar o judiciário com ações de cobrança. Até dezembro de 2015, segundo o procurador, menos de 5% dos devedores deste período haviam negociado. O valor desses acordos chega a quase R$ 1 milhão.

"É uma prática que arrecada valores que estavam omitidos pelos contribuintes, incrementando a receita e regularizando muitas pendências”, disse Flávio Albuquerque.

Boletos enviados pode ser falsos
No Piauí, as informações e boletos são disponibilizados no site do Departamento Estadual de Trânsito do Piauí (Detran-PI), onde podem ser expedidos os documentos referentes a multas, transferências, IPVA, emplacamento e licenciamento.

A Sefaz informa que usuários em atraso podem receber, em suas residências, apenas, notificações de que estão com pendências no pagamento do IPVA. Para confirmar a veracidade do documento, em caso de dúvida, basta se dirigir a uma agência de atendimento ou ligar para a Secretaria da Fazenda: (86) 3213-9690 / 3216-9607.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...