quarta-feira, 13 de janeiro de 2016

CRIMINALIDADE Desembargador aceita desafio de ser secretário da Segurança do Piauí

Ao jornalista Pedro Alcântara, da TV Antena 10, na presença de outro desembargador do TJ-PI, Sebastião Ribeiro Martins, o desembargador Edvaldo Moura afirmou e assegurou que no prazo de 90 dias reduzirá em 40% o índice de criminalidade e violência no Piauí
 
Nesta terça-feira (12), o desembargador Edvaldo Pereira de Moura, do Tribunal de Justiça do Piauí (TJ-PI), ofereceu seu nome publicamente para ser secretário da Segurança do Estado, um desafio que se dispôs a enfrentar.

Antes de se tornar magistrado de carreira no Piauí, Edvaldo Moura foi delegado de polícia na cidade de Teresina. Era conhecido no meio policial como "linha dura" no enfrentamento ao crime. Chegou a fazer diligências policiais de bicicleta, tamanha a dificuldade da época.

Ao jornalista Pedro Alcântara, da TV Antena 10, na presença de outro desembargador do TJ-PI, Sebastião Ribeiro Martins, o desembargador Edvaldo Moura afirmou e assegurou que no prazo de 90 dias reduzirá em 40% o índice de criminalidade e violência no Piauí.

Em dezembro, após o governo do Piauí decretar situação de emergência nos presídios do Estado devido à destruição de parte da Casa de Custódia de Teresina e da Penitenciária Mista Juiz Fontes Ibiapina, em Parnaíba, no litoral, o desembargador Edvaldo Moura presidiu uma audiência entre o Governo do Estado e sindicalistas do sistema presidiário, onde foram abordadas todas as questões sobre a Segurança Pública do Piauí. O desembargador ficou estarrecido com a falta de planejamento.

Edvaldo Moura integra um grupo de piauienses do mundo político, judiciário e administrativo chamado “Pense Piauí”. Essa equipe, que tem à frente o desembargador federal piauiense Carlos Augusto Pires Brandão, planeja envolver todos os segmentos da sociedade para as ações políticas e públicas, para que juntos possam trazer benefícios ao Estado.

Segundo o desembargador, a primeira ação do "Pense Piauí" está sendo delineada e será a respeito da segurança pública. “O problema da segurança, em minha opinião, é o mais sério enfrentado pelo Estado atualmente. A violência e o crime nesse momento ganharam proporções de tragédia e não precisa nem eu dizer isso, porque toda a população já sabe e já percebeu isso há muito tempo”, disse, em entrevista ao Portal AZ.

Edvaldo Moura foi presidente do Tribunal de Justiça e do Tribunal Regional Eleitoral do Piauí (TRE-PI). Em seu discurso de posse no TRE-PI, o desembargador citou Benjamin Disraeli, ex-primeiro-ministro do Reino Unido, o Conde de Beaconsfield,para o qual “quando os homens são puros, as leis são desnecessárias; quando são corruptos, as leis são inúteis."

Trazendo uma reflexão substanciosa e séria do Boletim do IBCCRIM nº 251, de outubro de 2013, no discurso faz uma advertência: "Há muito que a cena política brasileira se defronta – todos os dias – com práticas tão abomináveis quanto corriqueiras de desvios éticos e locupletamento do patrimônio público, ora em escalas menores, ora em proporções gigantescas. Assim se solapam, entre outros valores fundamentais da convivência social, a igualdade de condições entre indivíduos e entre pessoas jurídicas para desenvolver-se e exercer direitos constitucionalmente previstos, bem como o princípio da confiança que deve reger as relações entre cidadãos e as deles com o próprio Estado".

Edvaldo Moura nasceu em Oeiras (PI), em 10 de agosto de 1947. Foi acessado ao cargo de desembargador em 02 de setembro de 2002. Graduado pela Faculdade de Direito da Universidade Federal do Piauí – UFPI, exerceu o cargo de Juiz de Direito das cidades de Parnaguá, Corrente, Jerumenha, Guadalupe, Oeiras, Simplício Mendes, Itainópolis, Francisco Santos, Santa Cruz do Piauí e Picos. Com vasto currículo, inclusive de professor de Direito Penal e de Direito Processual Penal, tem curso em Investigação Criminal e Técnica de Interrogatório pela Academia Nacional de Polícia.
Fonte: JL/por Renata Pinheiro

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...