quinta-feira, 21 de janeiro de 2016

Funcionários do Detran-PI paralisam e denunciam descaso

Usuários voltaram para casa nesta quarta (20) sem conseguir atendimento. Mais de 100 carros estão abandonados no pátio da sede
Durante toda a manhã desta quarta-feira (20) quem resolveu ir ao Departamento de Trânsito do Piauí (Detran) para resolver algum problema, não conseguiu atendimento. Os 70 funcionários terceirizados do órgão pararam suas atividades para protestar contra os salários atrasados e outros benefícios.

“Essa situação já vem desde o ano passado. O salário está atrasado, ticket de alimentação e férias que vem acumulando. O salário está atrasado desde o mês de dezembro. Além de estar nessa situação, paga um mês, fica dois meses”, explica o diretor do Sindicato Asseio e Conservação do Piauí, Francisco Borges.

Os 15 guichês de atendimento que prestam serviços como emissão de CNH, renovação, transferência, documentações de veículos em geral, não estavam funcionando, impedindo os usuários de realizar suas pendências. “Eu vim pegar uma documentação de um carro, a renovação e não consegui. Está tudo parado e não tem nem previsão”, lamentou o autônomo José Augusto Rocha.

Com todos esses problemas, o órgão possui ainda mais de 100 carros no pátio da sede, que estão sob responsabilidade da Justiça. Os veículos abandonados passam a ser criadouro do mosquito causador da dengue, chikungunya e zika vírus.

Denúncia
Além dos servidores responsáveis pelos atendimentos, os da limpeza também estão parados. O funcionário do órgão, Washington Prado conta que quando chove é preciso colocar plásticos para não molhar os papéis e a situação dos banheiros é lamentável.



“O Detran com tanto dinheiro não cuida do patrimônio e não é só aqui, em Corrente eu tive notícia que não tem um papel higiênico e nem papel para limpeza do banheiro, tá todo mundo comprando do bolso”, revela.

Segundo o diretor do Detran, Arão Lobão, o governo fez o pagamento às empresas terceirizadas e o salário referente a dezembro será pago dia 25 desse mês. Os carros que estão no pátio do órgão estão em processo de recadastramento.

“São carros muitas vezes em processos judiciais, nós inclusive, estamos em processo de recadastramento desses veículos e dectamos a origem deles para notificar aos juízes das respectivas varas para que tomem as providências”, explicou o diretor.



Fonte: JL/G1PI

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...