quarta-feira, 20 de janeiro de 2016

Irmãos suspeitos de assassinar PM em São Paulo são presos no Piauí

Suspeitos estavam escondidos na casa de um parente, em Teresina.
Crime aconteceu no dia 2 de janeiro durante assalto a uma pizzaria.



Catarina CostaDo G1 PI
Delegado Menandro Pedro, da Delegacia de Entorpecentes (Foto: Ellyo Teixeira/G1)

A Polícia Civil do Piauí prendeu na noite de terça-feira (19) os dois irmãos suspeitos de assassinar o policial militar André Alves Ribeiro, de 36 anos, durante assalto a uma pizzaria em São Paulo. Segundo o coordenador da Delegacia Especializada de Prevenção e Repressão a Entorpecentes (Depre), Menandro Pedro, a dupla estava escondida na casa de um parente na Vila Santa Bárbara, Zona Leste de Teresina.

"A prisão aconteceu após trabalho de investigação do Núcleo de Inteligência da Polícia Civil do Piauí, que desconfiaram da presença dos irmãos no estado e após contato com o delegado de São Paulo os criminosos foram identificados como sendo os suspeitos de matar o policial. Os mandados de prisão foram expedidos ainda na terça-feira e cumpridos no mesmo dia. Eles já estavam se preparando para viajar para o interior do estado", contou.
Assalto aconteceu em pizzaria na cidade de São
Paulo (Foto: Reprodução/GloboNews)

Os dois suspeitos foram encaminhados para a Depre e em depoimento revelaram detalhes do crime. Segundo eles, outras quatro pessoas teriam participado do homicídio indiretamente e que a intenção do assalto era arrecadar dinheiro para o conserto do carro de um dos criminosos.

"Eles contaram que bebiam no dia 2 de janeiro, quando um teve a ideia de fazer o assalto para conseguir dinheiro para consertar o carro batido. Os suspeitos pegaram emprestado o carro de outro irmão e junto com outros comparsas pararam em frente à pizzaria na Vila Nova Cachoeirinha, Zona Norte de São Paulo.

A vítima estava de folga do trabalho e almoçava com a família, quando quatro indivíduos chegaram e anunciaram o roubo. Outros dois criminosos ficaram no carro dando apoio", relatou o delegado.

Após roubarem pertences dos clientes e funcionários, além do dinheiro do caixa, os bandidos reconheceram o soldado da PM e efetuaram nove disparos de arma de fogo contra ele. No depoimento, os suspeitos revelam que o policial teria reagido e por isso atiraram, no entanto, segundo o boletim de ocorrência registrado no 72º Distrito Policial, eles dispararam sem que houvesse tempo para defesa da vítima.

O policial chegou a ser socorrido, mas não resistiu aos ferimentos e morreu no Pronto Socorro da Vila Nova Cachoeirinha. O grupo fugiu em um veículo modelo corsa prata e levou a pistola da vítima.

"Os irmãos contaram que deixaram os comparsas em pontos diferentes da cidade e abandonaran o carro em um lugar distante. No dia seguinte, eles compraram querosene e incendiaram o veículo. Depois pegaram um ônibus para Bahia e outro para o Piauí", disse Menandro Pedro.

O delegado responsável pelo caso e uma equipe da Polícia Civil de São Paulo estão vindo para o Piauí para identificar os demais suspeitos do crime. Os criminosos presos serão recambiados para a cidade paulista.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...