segunda-feira, 4 de janeiro de 2016

No PI, ex-detento tenta entrar com faca escondida dentro de bíblia em presídio

Suspeito estava com um grupo de evangélicos e se aproveitou da situação. Após ter sido flagrado, o homem não quis revelar para quem levaria a faca

Agentes penitenciários do sistema prisional do Piauí flagraram um ex-detento tentando entrar na Penitenciária Irmão Guido com uma faca escondida dento de uma bíblia. O fato ocorreu no domingo (3) quando um grupo de evangélicos visitava o presídio e o suspeito aproveitou a situação para entrar com a arma.

De acordo com Vilobaldo Carvalho, diretor jurídico do Sindicado dos Agentes Penitenciários do Piauí (Sinpoljuspi), a faca foi descoberta assim que o homem passou pelo detector de metais.

“Os evangélicos fazem um trabalho de assistência espiritual nos presídios e o ex-detento, que estava junto ao grupo, aproveitou para tentar entrar com uma faca escondida dentro da bíblia que ele levava debaixo do braço. Ao passar pelo detector foi percebido o armamento e ele foi barrado”, contou.

Após ter sido flagrado, o homem não quis revelar para quem levaria a faca. “Ele foi interrogado, não falou para quem entregaria a arma e acabou sendo levado à Central de Flagrantes para prestar esclarecimentos. A presença da faca só foi possível detectar por conta de um scanner, equipamento de alta resolução para rastrear objetos que os visitantes levam”, afirmou Vilobaldo.

Após o flagrante, a visita do grupo de evangélico foi suspensa. Este foi o primeiro caso registrado dessa natureza em um presídio do Piauí, mas os agentes sempre fazem flagrantes de pessoas tentando entrar com drogas, celulares e armas em casas de detenção. “Nos dias de visitas os agentes sempre fazem algum tipo de flagrante de visitantes com objetos proibidos tentando entrar com algum tipo de arma ou objetos proibido”, relatou o sindicalista.

Tentativa de fugaSomente nos três primeiro dias de 2016 a Secretaria de Justiça do Piauí registrou quatro tentativas de fuga na Penitenciária Mista de Parnaíba, duas na Casa de Custódia e uma na Penitenciária Irmão Guido. Ambos os fatos ocorreram no final da tarde desse domingo (3) quando agentes plantonistas descobriram túneis em vários pavilhões dos presídios. Nenhum preso conseguiu fugir.

No dia 27 de dezembro, pelo menos nove presos conseguiram da Casa de Custódia. A fuga aconteceu quando eles quebraram parte da laje do pavilhão B e andaram pelo vão até chegar à área lateral que dá acesso à quadra de esportes. Entre os presos que conseguiram escapar estão assaltantes, estupradores e homicidas.

No início do mês de dezembro de 2015, a Casa de Custódia registrou duas rebeliões em menos de 48 horas e praticamente todos os detentos da unidade prisional se rebelaram reclamando das péssimas condições do presídio. Foram dois momentos de muita tensão, dentro e fora do presídio, já que familiares chegaram a derrubar grades e interditar a rodovia em protesto.

Saída temporária De acordo com a Secretaria Estadual de Justiça, 238 detentos que têm bom comportamento foram beneficiados com a saída temporária no fim de ano.

Em Teresina, quatro unidades concederam o benefício: Penitenciária Feminina, com a liberação de 15 internas; Colônia Agrícola Major César Oliveira, unidade de regime semiaberto que vai liberar 201 internos; Penitenciária Regional Irmão Guido, com 10 internos liberados e Casa de Albergados, com a liberação de dois internos.

Em Picos, a Penitenciária Feminina vai liberar cinco internas. Já na Penitenciária de Oeiras, quatro internos serão liberados. As demais unidades prisionais não concederam liberação.

O procedimento adotado pela Sejus está disposto do artigo 122 a 125 da Lei de Execução Penal e trata, dentre outras questões, que o benefício aos internos é por prazo não superior a sete dias, podendo ser renovado por mais quatro vezes durante o ano.



Fonte: JL/G1PI

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...