quinta-feira, 4 de fevereiro de 2016

Após 4 meses seca, Lagoa de Parnaguá no PI renasce e já tem 80% de água

Lagoa de Parnaguá estava totalmente seca desde setembro de 2015. Secretaria de meio ambiente diz que reservatório está sendo recuperado
Totalmente seca pelo menos desde o mês de setembro de 2015, a Lagoa de Parnaguá, localizada a 823 km de Teresina, renasceu após o início do período chuvoso. Com as intensas chuvas que caíram no Sul do Piauí em janeiro, a lagoa, que é a quinta maior do Brasil, já atinge 80% de sua capacidade total, segundo informações da Secretaria de Estadual de Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Semar).

Antes da chuvas a situação era tão crítica que o governo do Piauí declarou, em dezembro de 2015, a emergência do Rio Paraim, afluente do reservatório, e da própria lagoa. Com isso foi autorizada a limpeza e desassoreamento do rio, bem como um trabalho de desobstrução, retirada de material orgânico, árvores, areia e ainda correção de desvios feitos em propriedades particulares.

Apesar da lagoa voltar a acumular água, o secretário de meio ambiente, Ziza Carvalho, declarou que a cheia não descarta a necessidade do trabalho de revitalização do local. A previsão é que depois do período chuvoso a lagoa volte a ficar seca.

"O governador assinou um decreto emergencial para recuperação da Lagoa de Parnaguá no final do ano passado. Já estávamos com a empresa contratada e pronta para iniciar o serviço, quando começaram as primeiras chuvas e o volume de água aumentou no local. Vamos esperar diminuir para seguir com o trabalho de revitalização", informou.

Segundo o secretário, o trabalho de revitalização consiste na retirada de material orgânico do rio Paraim, que é um dos afluentes junto com o Rio Corrente da lagoa. "Faremos um trabalho de limpeza total do rio. O decreto vale por 180 dias, mas vamos esperar o fim das chuvas para saber será necessário prorrogar o prazo", disse Ziza.

A Semar em parceria com a Secretaria Municipal de Parnaguá também fará um trabalho de conscientização dos moradores ribeirinhos e donos de fazendas do local.



Fonte: JL/G1PI

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...