terça-feira, 2 de fevereiro de 2016

Wellington diz que haverá consenso sobre partilha da CPMF

Wellington Dias salientou ainda que existe o comprometimento da União em priorizar apenas aquelas obras que já estejam em andamento nas áreas de saúde e previdência, a chamada seguridade social

O
governador Wellington Dias disse hoje (02), na Assembleia Legislativa, que ficou praticamente acertado o consenso entre os governadores que participaram da reunião dos gestores estaduais – segunda-feira passada, em Brasília – sobre os percentuais da proposta de recriação da Contribuição Provisória sobre Movimentação Financeira (CPMF) a ser apresentada pela presidente Dilma Rousseff ao Congresso Nacional.Segundo ele, a proposta prevê que sejam destinados 0,30% dos recursos arrecadados para a União, 09,% para os estados e 0,9% para os municípios, somando o percentual de 0,38% a serem descontados dos salários de quem recebe acima de R$ 3,6 mil. “Quem ganha abaixo desse valor não vai pagar nada. Quem ganha R$ 20 mil, por exemplo, vai pagar R$ 80,00”.
“O acordo só não ficou inteiramente acertado porque alguns governadores alegaram que ainda precisavam consultar suas lideranças, suas bancadas. Mas, pelo que senti vai haver um consenso que permitirá ao País retomar a normalidade das suas finanças e, ao mesmo tempo, permitirá aos estados e municípios disporem de mais recursos para os seus investimentos”, disse.
Wellington Dias salientou ainda que existe o comprometimento da União em priorizar apenas aquelas obras que já estejam em andamento nas áreas de saúde e previdência, a chamada seguridade social. “Aqui no Piauí uma obra programada para ser feita em seis meses nós estamos repactuando os contratos, ganhando mais prazo e otimizando os recursos.”
Essa partilha da CPMF será mais ou menos nos moldes do FPE ao inverso, beneficiando os estados com maior população. “São Paulo, Minas Gerais e outros estados com maior população recebem uma pequena parcela de FPE. A partilha da CPMF vai fazer essa compensação”, finalizou.



Fonte: JL/Assim

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...