quinta-feira, 10 de março de 2016

Homens armados assaltam agência do Banco do Brasil de Piracuruca

A quadrilha, fortemente armada, metralhou a delegacia da cidade, e fez três policiais de reféns.

Cerca de oito homens fortemente armados assaltaram, na tarde desta quinta-feira (10), a agência do Banco do Brasil em Piracuruca. Eles metralharam o Distrito Policial da cidade e fizeram três policiais reféns, entre eles o comandante da Polícia Militar do município, sargento Alves, e o escrivão Paulo. O terceiro refém, identificado como soldado Thiago, conhecido como Baiano, foi baleado durante a ação.

 
Homens armados assaltam agência do Banco do Brasil de PiracurucaO tenente Antoni, subcomandante de policiamento do interior, contou ao GP1 como se deu a ação dos criminosos. “Hoje a tarde cinco elementos renderam um policial nosso que estava no centro da cidade e foram até o grupamento. Lá eles chegaram com esse policial, e as pessoas não estranharam, para surpresa deles outros policiais se encontravam no Distrito, que também foram rendidos. Um policial, ao levantar-se, teve um elemento que precipitou-se e efetuou o disparo que pegou de raspão no nosso policial, mas ele não corre risco de morte”, narrou o tenente. “Eles pegaram dois policiais como reféns e foram até o banco, lá fizeram o assalto, utilizando, além dos policiais, algumas pessoas que se encontravam lá no banco, eles utilizaram como reféns enquanto faziam a prática do delito”, declarou.


 
Subcomandante de Policiamento do Interior, tenente coronel AntoniAntoni ainda informou que no momento do assalto, um dos bandidos acabou disparando contra outro integrante da quadrilha, que foi baleado na perna.

O delegado Baretta, titular da Delegacia de Homicídios de Teresina, afirmou que os reféns serviram como escudo humano. “Falei com o escrivão Paulo, que era um dos reféns, ele contou que os homens invadiram a delegacia da cidade. Após fazer o escrivão, o sargento e um soldado reféns, os levaram para a porta do banco e os usou como escudo humano enquanto a quadrilha estava no interior da agência”, explicou Baretta, que disse que os assaltantes ainda chegaram a atirar várias vezes tentando aterrorizar a população.
 
Policial Thiago baleado durante a ação dos assaltantes.


O bando passou cerca de 25 minutos dentro da agência. Segundo o tenente Antoni, os três reféns foram liberados na saída da cidade. A quadrilha fugiu, sentido à cidade de Batalha, em três carros, que foram abandonados em um lixão cerca de três quilômetros depois do local onde deixaram os reféns. Um dos veículos foi incendiado.

    
Carro do sargento é incendiado pelos assaltantes

Reforço policial de todas as cidades circunvizinhas está sendo deslocado no sentido de encontrar o bando. “As diligências continuam, foi mandado reforço de toda a região, as forças táticas, todo policial que se encontrava de folga está prestando apoio e também daqui de Teresina. A Polícia Militar encaminhou reforço do Helicóptero, mais de alguns batalhões especializados, como a Rone e o próprio Batalhão de Operações Especiais”, finalizou o tenente Antoni.

    
Carros abandonados após o assalto em um lixão na saída de Piracuruca


Ainda não informações sobre o valor roubado da agência do Banco do Brasil.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...