quarta-feira, 9 de março de 2016

MOVIMENTO Jornalistas, parlamentares e intelectuais lançam manifesto contra a Globo

Um grupo de mais de 120 pessoas, entre intelectuais, jornalistas, líderes políticos, sindicalistas e ativistas de movimentos sociais divulgou um manifesto contra Rede Globo, pela tentativa de censurar blogueiros e jornalistas de investigar o caso do triplex em Paraty que pertenceria à família Marinho
 


U
Um grupo de intelectuais, jornalistas, líderes políticos,
sindicalistas e ativistas de movimentos sociais divulgou um manifesto contra Rede Globo, pela tentativa de censurar blogueiros e jornalistas de investigar o caso do triplex em Paraty que pertenceria à família Marinho.
"Veículos como O Cafezinho, Tijolaço, Diário do Centro do Mundo e Rede Brasil Atual aprofundaram as investigações nas últimas semanas e, estranhamente, receberam notificações extrajudiciais por publicarem reportagens e artigos sobre o suntuoso imóvel , construído em área de proteção ambiental. Os blogueiros também apontaram as suspostas ligações dos Marinho com a Mossack Fonseca, empresa multinacional investigada por ser especialista em abrir off-shores. A repercussão desagradou a empresa monopolista, que ordenou a retirada dos conteúdos do ar", diz o texto.
Entre os nomes que subscrevem o texto, divulgado pelo Centro de Estudos de Mídia Alternativa Barão de Itararé, estão os jornalistas Renato Rovai, Maria Rita Kehl, Palmério Dória, Fernando Morais, Luiz Carlos Azenha, Rodrigo Vianna, além dos deputados federais Elvino Bohn Gass (PT), Paulo Pimenta (PT) e Orlando Silva.
Leia na íntegra o manifesto e as pessoas que já subscreveram-no:
"Nós, abaixo-assinados, vimos a público repudiar o autoritarismo das Organizações Globo, responsáveis por mais um ataque frontal à liberdade de expressão ao lançar mão da judicialização da censura para intimidar blogueiros e jornalistas que investigam o caso do triplex em Paraty que, segundo uma fiscal do ICMBio, pertenceria à família Marinho, uma das mais ricas do Brasil. A informação foi divulgada pela agência Bloomberg, em 2012, e replicada pelo site UOL e pela revista CartaCapital.
Veículos como O Cafezinho, Tijolaço, Diário do Centro do Mundo e Rede Brasil Atual aprofundaram as investigações nas últimas semanas e, estranhamente, receberam notificações extrajudiciais por publicarem reportagens e artigos sobre o suntuoso imóvel , construído em área de proteção ambiental. Os blogueiros também apontaram as suspostas ligações dos Marinho com a Mossack Fonseca, empresa multinacional investigada por ser especialista em abrir off-shores. A repercussão desagradou a empresa monopolista, que ordenou a retirada dos conteúdos do ar.
O expediente adotado pela Globo, no entanto, revela uma estratégia comumente aplicada a quem ousa desafiar seus interesses: a ação judicial, com o fim de intimidar e sufocar, financeiramente, os que ameaçam – ou expõem – seu império.
Além de ferir o direito fundamental da liberdade de expressão, as Organizações Globo também evidenciam sua ojeriza e intolerância para com as mídias alternativas. A ideia de que haja diversidade e pluralidade de vozes na mídia brasileira - inscritas em nossa Constituição -, ao que parece, desperta a ira dos proprietários da emissora. Também, pudera: com denúncia de sonegação fiscal na casa do bilhão, a empresa certamente tem muito mais que um triplex a esconder.
Como em dezenas de casos de perseguição judicial a blogueiros e ativistas digitais, repudiamos a atitude censora da Rede Globo, talvez um resquício do período de sua ascensão econômica enquanto tentáculo midiático da ditadura militar. Afinal, ao tentar estrangular as mídias alternativas, a Rede Globo estrangula, também, a democracia.
Subscrevem-se:
- Centro de Estudos da Mídia Alternativa Barão de Itararé
- Orlando Silva (Deputado Federal)
- Paulo Pimenta (Deputado Federal)
- Altamiro Borges (Blog do Miro)
- Conceição Oliveira (Maria Fro)
- Conceição Lemes (Viomundo)
- Luiz Carlos Azenha (Viomundo)
- Renato Rovai (Revista Fórum)
- Rodrigo Vianna (O Escrevinhador)
- Venício A. de Lima
- Wagner Nabuco (Caros Amigos)
- Laura Capriglione (Jornalistas Livres)
- Palmério Dória
- Joaquim Palhares (Carta Maior)
- Fernando Morais
- Inácio Carvalho (Portal Vermelho)
- Aparecido Araújo Lima (Comissão Nacional de Blogueiros e Ativistas Digitais)
- Laurindo Leal Filho
- Maria Rita Kehl (Jornalista)
- Elvino Bonhn Gass (Deputado Federal)
- Tarso Cabral Violin (Baronesa de Itararé PR e ParanáBlogs)
- Adriana Oliveira Magalhães (CUT-SP)
- André Freire (Sindicato dos Jornalistas de São Paulo)
- Marcos Aurélio Ruy (CTB)
- Luana Meneguelli Bonone
- Francisco Latorre
- José Francisco (Ufscar)
- Zcarlos Ferreira (Contexto Livre)
- Carlos Augusto A. Dória (Blog de um Sem Mídia)
- Luiza Rotbart (Jornalistas Livres)
- Renata Mielli (Barão de Itararé e Fórum Nacional pela Democratização da Comunicação)
- Regi Lisandro Alves Costa (MPF-PGR)
- Theófilo Rodrigues (Barão de Itararé RJ)
- Jornalistas Livres
- Facción Latina
- Mídia Ninja
- Fora do Eixo
- Jornal Sul21
- Felipe Bianchi (Barão de Itararé e Coletivo Futebol Mídia e Democracia)
- João Feres Júnior (IESP-UERJ)
- Rafael Rezende (IESP-UERJ)
- Raul Fitipaldi (Portal Desacato)
- Tali Feld Gleiser (Portal Desacato)
- Derli Dourado (Vereador)
- César Locatelli (Jornalistas Livres)
- Renato Carvalho
- Elisabete Margot Vieira (Barão de Itararé SC)
- Wagner Moraes
- Larissa Ormay (Barão de Itararé RJ e C.E.M.A.)
- Meire Cavalcante
- Francisco Antônio da Silva (UEC)
- Ana Flavia Marx (Barão de Itararé SP)
- Daci Vieira
- Rodrigo Sérvulo da Cunha (Coletivo Advogados para a Democracia)
- Márcia Gonçalves
- Antonio Carlos Medeiros
- José Eduardo de Souza (Rádio Comunitária Cantareira)
- Luiz Tarcisio Ferreira (TFS Advogados)
- Paulo Antonio Petersen
- Robson Cavalcante de Lima
- Carlos Antônio dos Santos (Grupo N Infinito)
- Paulo Fernando (Blog Informe-PE)
- Aubiergio Moreira da Costa
- João Paulo Seixas
- Célia Medina (Barão de Itararé SP)
- João Ricardo
- Marcio Augusto de Lima
- Sergio Luiz Muzi Giraldi
- Adriana Maria Antunes de Souza (CUT-SC)
- Helio Carlos de Mello (Projeto Xingu)
- Laura June Xavier
- Débora Cruz (Comissão Nacional de Blogueiros e Ativistas Digitais)
- Eduardo Velloso Vianna
- Nicole Miranda (UJS)
- Izabel Heitor
- Luis Marques (Sindicato dos Bancários de Guarulhos)
- Luiz Müller (Luiz Müller Blog)
- Simão Zygband
- Jacira Caiobi Yamachita
- Jefferson Luiz Bandero
- Reinaldo J. F. Feres
- Maria Aparecida Coimbra Peixoto
- Isabela M. P. Rinaldi
- Mônica Silveira (Rede Feminista)
- Suraia Aparecida Ferreira Gomes
- Marilene Bucci
- Jorge Borges Neto
- Juan Pessoa
- Valquria Moisés
- Euclides Freitas
- Flavio Casas de Arcega
- Dayvson Barreto (Blog Barra News)
- Geraldo Barbosa da Silva Junior (Interação Geral do Mundo)
- Urbano F. Silva
- Marcus Vinicius de Faria Felipe (Blog do Marcus Vinicius)
- Helga Simões
- João Paulo Soares
- José Marcos
- Milton Pereira da Silva
- Janete Quintiliano
- Ana Cecília Canonico
- Fábio Marcos Coimbra Peixoto
- Clayton M. Cunha Filho (Departamento de Ciências Sociais da UFC)
- Jairo Corrêa de Oliveira
- Maria da Conceição Chaves
- Itanir Batista Gonçalves
- Fernando Cezar Toledo Martins
- Gilberto José Soares
- José Carlos R. Campos
- Wanderly Ferreira da Costa
- Edva Aguilar
- Luiz Sergio Cardoso de Sá
- Ivani Ollier
- Rossini Miranda Dippólito
- William Lima
- Renata Moreira Dutra
- Valter Manoel da Silva
- Maria Elena Taques
- Isabel Almeida
- Helio Mello de Oliveira
- Pedro Paulo Holanda Tavares
- Janete Dutra
- José Aldemar Dantas
- João Kodama
- Valeria de Abreu e Silva
- Rubens Adalto Quintela
- Júlio C. S. Garcia (Blog do Júlio Garcia)
- Sonia Candido Barbosa
- João Gilberto Zanotelli Piccin (IFES)
- Waldyr Wanderley Vaz"
Fonte: JL/247

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...