sábado, 16 de abril de 2016

Jovem é encontrada morta em casa após 4 dias desaparecida no Piauí

Vítima de 26 anos estava enrolada em lençóis e com faca cravada nas costas.
Para a polícia, suspeito manteve relação com a jovem e depois a matou.

Fernando BritoDo G1 PI
Corpo de jovem foi encontrado de casa no Mocambinho (Foto: Fernando Brito/G1)

O corpo de uma jovem identificada como Magna Ferreira da Silva Sousa, 26 anos, foi encontrado na noite desta sexta-feira (15) dentro de casa, no bairro Mocambinho, Zona Norte de Teresina. Segundo vizinhos, a vítima morava sozinha e estava desaparecida há quatro dias.

"Os moradores sentiram o mau cheiro saindo de dentro da casa e acionaram a polícia. O corpo da jovem estava no quarto da casa e enrolado em lençóis, com uma faca cravada nas costas, possivelmente ela sangrou até a morte. No local foram encontrados garrafas de cerveja e o cenário era de briga", contou o cabo Francisco Costa, do 9º Batalhão da Polícia Militar.
Polícia Civil investiga autoria de crime em Teresina
(Foto: Fernando Brito/G1)

Para a polícia, há indícios de que o suspeito do crime teve relações sexuais com a vítima e depois a matou. Uma vizinha, que preferiu não se identificar, informou que viu a jovem pela última vez na segunda-feira (11) pela manhã e no fim de semana passado percebeu uma movimentação de pessoas na casa.

"Não chegamos a ouvir gritos nem nada. Os vizinhos que começaram a sentir o mal cheiro durante a semana. O namorado dela chegou a ir várias vezes, batia na porta, mas ela não atendia. A família procurava por ela há dias. Foi quando acionaram a polícia e constataram que ela estava morta", disse a vizinha.

A irmã e cunhado da vítima estiveram no local bastante abalados e não quiseram falar sobre o assunto. Já os amigos da jovem relataram à polícia que ela estava em uma festa no Planalto Uruguai na terça-feira (12) e saiu de lá para encontrar o namorado.

O corpo foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML) para exames. Policiais da Delegacia de Homicídios estiveram no local e vão investigar o caso.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...