terça-feira, 17 de maio de 2016

MUNDO No tapete vermelho de Cannes, artistas denunciam golpe no Brasil

Sessão de gala de Aquarius, filme brasileiro que concorre à Palma de Ouro no Festival de Cannes este ano, foi marcada por protestos contra o golpe no Brasil e contra o governo "ilegítimo" do presidente interino Michel Temer


A sessão de gala de Aquarius, filme brasileiro que concorre à Palma de Ouro no Festival de Cannes 2016, foi marcada por protestos contra o governo do presidente interino Michel Temer e contra o processo de impeachment da presidente afastada Dilma Rousseff, denunciado como um "golpe de Estado" no Brasil pelo elenco.

A equipe do filme, convidados e produtores exibiram cartazes em inglês com as frases "We will resist" (nós resistiremos) e "The people can't accept an illegitimate government" (o povo não pode aceitar um governo ilegítimo), durante sua passagem pelo tapete vermelho. O elenco inclui atrizes renomeadas como Maeve Jinkings e Sonia Braga, que faz o papel da protagonista.
Dirigido pelo pernambucano Kléber Mendonça Filho, o filme conta a história de uma crítica de música aposentada que luta contra um empresário que pretende demolir o prédio onde mora, último de seu estilo no bairro de Boa Viagem, no Recife, para construir um novo empreendimento imobiliário.

Fonte: JL/247

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...