sábado, 18 de junho de 2016

No Recife, Dilma diz que “a democracia é uma árvore, e o golpe é o machado”

Ainda no Recife, a petista reafirmou que vai lutar contra o processo de impeachment
A passagem da presidente afastada Dilma Rousseff pelo Recife nesta sexta-feira (17) se encerrou com discurso no centro da cidade no início desta noite. Em tom de defesa de seu governo, Dilma voltou a chamar seu afastamento de “golpe”, dizendo que “a democracia é uma árvore, e o golpe é um machado cortando a árvore”.

Dilma criticou o não reajuste de R$ 56 bilhões do Programa Bolsa Família, afirmando que o dinheiro não é nada para o governo. “56 bilhões para os ricos é pouco. Esse é o governo da desigualdade. Não pagar o reajuste é uma mesquinharia para o povo desse país e mostra o verdadeiro intuito e objetio desse governo provisório e ilegítimo. Querem reduzir o máximo que puderem os direitos conquistados.”

Ainda no Recife, a petista reafirmou que vai lutar contra o processo de impeachment. “À nós, resta um único caminho, a luta aberta contra isso [impeachment]. Somos pessoas, um povo pacífico, trabalhador, da paz, mas não somos carneiros, somos também um povo que sabe que tem que defender os seus direitos. Esses que falam em governo de salvação nacional querem salvar a própria pele. Eu estou feliz de estar aqui no Recife, eu acho que essa música que vocês cantam é muito forte, eu sou madeira de lei que cupim náo rói”, ressaltou Dilma.

NORDESTE

Mais cedo, durante pronunciamento na Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), Dilma iniciou seu discurso criticando o presidente interino Michel Temer por ter extinguido ministérios. Sobre a queda de ministros do governo peemedebista, ela afirmou que acorda, todos os dias, se perguntando: “Quem vai cair hoje?”.

Dilma embarcou em um voo fretado pelo PT para Recife, após visitar o Centro Pan-Americano de Judô, na Bahia. Os eventos fazem parte de uma série de viagens da presidente afastada por capitais do Nordeste, principal reduto eleitoral do PT.

Dilma tem usado os atos para replicar o discurso de que o governo interino de Michel Temer é “ilegítimo” e “quer impor retrocessos à população”. Na quinta-feira (16), Dilma participou na Bahia de um ato político e de uma cerimônia de entrega do título de cidadã baiana.

Na quarta (15), a petista esteve em João Pessoa, onde participou de uma audiência pública no Centro Cultural José Lins do Rego, onde comparou o governo Temer a oligarquias da República Velha
.
Fonte: JL/Jamildo Melo

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...