segunda-feira, 18 de julho de 2016

Funcionamento de terminais divide opiniões entre passageiros em Teresina

Fase experimental chega à terceira semana de testes nos terminais da capital. Reclamação mais comum entre os passageiros é a a demora nos pontos

O
funcionamento dos Terminais de Integração em Teresina, que neste fim de semana esteve em seu terceiro momento de testes, já divide opiniões entre os usuários do transporte público. Ainda em adaptação com o novo sistema, batizado de Inthegra, a reclamação mais comum entre os passageiros tem sido a necessidade de pegar mais de um ônibus e a demora nos pontos.

"Eu tive que pegar quatro ônibus para chegar na parada e ficam fazendo a gente de besta, indo e voltando. E ainda cobram passagem, dizendo que não está sendo descontado e cobrando. E quem paga? Nós", desabafou a dona de Rosa Ramos.

No primeiro momento, a Zona Sudeste foi a primeira a ser contemplada com a inauguração dos terminais de integração Livramento e Itararé, que por dois meses estarão em fase experimental aos fins de semana.

O novo sistema segue o modelo das linhas "tronco-alimentadoras". Os usuários pegam um ônibus em seus bairros, se deslocam até o terminal mais próximo e pegam outra linha, denominada "troncal", com destino ao Centro de Teresina, que passa por diversas vias ou pelos shoppings.

Mas teve gente que não gostou da ideia de esperar por outro ônibus. "Eu achava mais prático indo direto, mas agora tem que vir para cá (ao terminal), e depois ir ao centro. Não achei nada viável", disse o barman Bhetoven Veras.

Mesmo assim, o novo sistema também tem recebido elogios. "É mais fácil, não custa muito chegar aonde a gente quer. Não perde muito tempo na parada", disse uma jovem estudante.

Para o gerente de planejamento da Superintendência de Transito de Teresina (Strans), Vinícius Rufino, a cada fim de semana os passageiros se mostram que já estão se adaptando e gostando da mudança.

"O que a gente percebe é que a cada fim de semana que passa elas têm se adequado mais. As dúvidas estão diminuindo. De alguma forma, a gente percebe que as pessoas estão se movimentando melhor. Já descem do alimentador sabendo qual troncal que vão pegar, e já se deslocando naturalmente para o outro lado da plataforma", disse.


Fonte: JL/G1PI

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...