quarta-feira, 19 de outubro de 2016

Câmaras dobram salários de prefeitos e vereadores

 
Prefeito Lukano Sá e prefeito eleito Zé Raimundo, de Oeiras: Câmara Municipal aprovou aumento de 100% nos salários
A população em vários municípios do Estado está fazendo movimentos contrários aos aumentos concedidos para vereadores, vice-prefeitos, prefeitos e procuradores dos municípios. Em alguns casos o prefeito vai ganhar mais do que o governador do Estado e em outros o salário de procurador se equipara ao de desembargador do Tribunal de Justiça. 
As entidades representativas da sociedade pedem auxilio do Ministério Público para reverter a situação.
Em Oeiras, por exemplo, o Decreto Legislativo nº 02/2016 aumenta em 100% os salários do prefeito, vice-prefeito, vereadores e secretários municipais. Com os novos valores, o prefeito passará a receber R$ 20 mil, valor acima do que recebe o governador Wellington Dias (PT), com vencimento bruto de pouco mais de R$ 17 mil. Atualmente, o salário líquido do prefeito de Oeiras, Lukano Sá, é de R$ 10.605,47 e os secretários têm vencimentos entre R$ 3.877,00 e R$ 5.090,00.
A Câmara Municipal de Oeiras aprovou os seguintes vencimentos: R$ 12 mil para vereador; R$ 18 mil para o presidente da Câmara e R$ 13.800,00 para os cargos da mesa diretora. Atualmente, os vereadores têm salário bruto de R$ 7.300,00. O vice-prefeito de Oeiras tem subsídio correspondente a 50% do valor do prefeito e os secretários, de R$ 8 mil. A população considera os aumentos abusivos e, por meio de um movimento, pede a revogação do decreto.
Em abaixo-assinado, eles querem que os vencimentos sejam correspondentes a 30% dos subsídios dos deputados estaduais, não podendo ultrapassar o valor de R$ 7.500,00. A população também protestou em Bocaina, onde um decreto do prefeito Nivardo Silvino equiparou o salário do procurador do município em 90,25% do salário de um desembargador do Tribunal de Justiça do Piauí, o que corresponde a R$ 27.500,00. Em Colônia do Piauí, a 297 quilômetros ao Sul de Teresina, os vereadores aprovaram salário de R$ 15 mil para o próximo prefeito e de R$ 7.500,00 para o vice-prefeito.
Os vereadores reajustaram também seus próprios salários para R$ 4 mil, e os secretários municipais receberão mensalmente R$ 2.800,00. Colônia do Piauí tem população de 7.400 habitantes e um PIB (Produto Interno Bruto) de R$ 30.291,00.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...