sexta-feira, 7 de outubro de 2016

Prefeitos mais votados podem não assumir mandatos em cidades do PI

Caso mais emblemático é registrado em São Miguel do Tapuio.
Segundo candidato mais votado aparece como eleito no sistema do TSE.

Beto MarquesDo G1 PI
Pompilio Evaristo Filho, segundo mais votado, aparece como prefeito eleito (Foto: TSE)

Passadas as eleições, a população de três municípios piauienses ainda não sabe quem vai assumir no dia 1° de janeiro de 2017. A dúvida tem sido gerada diante das candidaturas indeferidas daqueles que receberam maior votação. De acordo com o Divulgacand, sistema do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), o candidato que ficou em segundo lugar em São Miguel do Tapuio é apontado como eleito, assim como tem sido registrado nas cidades de Itaueira e Miguel Leão.

Em São Miguel do Tapuio, município localizado a 201 km de Teresina, a disputa foi acirrada, com diferença de 43 votos entre os dois candidatos. Pompilio Evaristo Filho (PSB), o Pompilim, recebeu 5.824 votos. Seu concorrente, Lincoln Matos (PTB), ficou em primeiro lugar com 5.867 votos, mas que teve candidatura indeferida e aguarda julgamento por instância superior.

Ainda no dia 20 de setembro deste ano, o Tribunal Regional Eleitoral do Piauí (TRE-PI) manteve a decisão da 39ª Zona Eleitoral e julgou improcedente o recurso interposto por Lincoln Matos, que teve candidatura à reeleição indeferida.

O candidato havia sido condenado a reclusão de 6 anos e 8 meses por desvio de dinheiro por funcionário público, correspondendo ao crime de peculato. A pena deveria ser cumprida em regime semiaberto e Lincoln Matos ficaria inelegível por 8 anos.

Procurado pelo G1, o candidato a reeleição não foi encontrado para se pronunciar sobre o assunto. Em vídeo publicado em sua página oficial no facebook, Lincoln dizia acreditar na comprovação de sua inocência e no êxito de sua candidatura.

“Estamos a recorrer, agora, ao TRE, acreditando que o grande sonho dos nossos adversários que seria de assalto tomar a Prefeitura de São Miguel para fazer o que todos nós sabemos, isso não vai acontecer”, disse Lincoln Matos em vídeo.
Candidato diz que assumirá em janeiro
(Foto: Reprodução/Facebook )

Para Pompilim, o atual prefeito de São Miguel não deve ser reempossado. “Estou aguardando a decisão do TSE, mas acredito que serei empossado, pois de acordo com o sistema da Justiça Eleitoral, fui o único a receber os votos válidos. O outro candidato teve os votos anulados e é juridicamente impossível reverter o caso, pois está sendo julgado pela Lei da Ficha Limpa”, afirmou.

Até o dia 18 de dezembro, os prefeitos eleitos devem ser diplomados. Até lá, a situação deve ser resolvida em cerca de 80 municípios brasileiros, sendo três no Piauí.

Outros municípios
Em Itaueira, o prefeito Quirino Avelino (PTB), que concorre à reeleição pela sexta vez, teve seus 4.193 votos anulados. O candidato que teve os votos válidos foi Chico Moura (PSD) que contou com 2.662 votos.

Já em Miguel Leão, o candidato do PSD, Professor Joel teve 714 votos anulados. Roberto Nascimento (PR) aparece como eleito com 620 votos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...