sexta-feira, 13 de janeiro de 2017

Após fraude, Sejus anula concurso para agentes penitenciários do Piauí

Quatro pessoas foram presas no dia da aplicação das provas, no ano passado.
Organizadora do concurso tem 15 dias para divulgar novo cronograma.



Do G1 PI
Quatro são presos pelo Greco suspeitos de fraudar concurso da Sejus (Foto: Fernando Brito/G1)

A Secretaria Estadual de Justiça (Sejus) anulou a primeira etapa do concurso para agentes penitenciários do Piauí, que teve provas realizadas no mês de setembro de 2016. O órgão seguiu parecer da Procuradoria geral do Estado (PGE), que levou em conta a comprovação de um esquema de fraude na aplicação do certame.


No dia da realização das provas, quatro pessoas foram presas com cola ou esboços de gabarito. Poucos dias depois, a Sejus decidiu suspender o certame até a conclusão das investigações policiais.

Ainda de acordo com a portaria, o Núcleo de Concursos e Promoção de Eventos da Universidade Estadual do Piauí (Nucepe), entidade organizadora do concurso, terá o prazo de 15 dias para divulgar o novo Anexo I (Cronograma de Execução), com nova data de aplicação das provas e das outras etapas do certame. A portaria aguarda publicação no Diário oficial do Estado do Piauí.

Mais de sete mil pessoas participaram do concurso, que previa 400 vagas para o cargo de agente penitenciário, com remuneração bruta de R$ 5.966,14. O certame estimava ainda que os 75 primeiros classificados seriam chamados de forma imediata.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Família aluga casa e acha antiga moradora enterrada no jardim

Uma família moradora de Ubatuba, no litoral norte de São Paulo, foi surpreendida ao fazer uma reforma no jardim de casa e encontrar os...