domingo, 16 de abril de 2017

CORRUPÇÃO Na propina, PSDB era Corinthians; PT Flamengo; PTB Vasco; PP Cruzeiro; PSB Sport; PSD Botafogo; e PMDB Internacional

No documento do 'departamento de propina' da empreiteira, cada sigla política era conhecida como um clube de futebol

Em uma planilha entregue por Luiz Eduardo Soares, ex-diretor do Departamento de Operações Estruturadas da Odebrecht – conhecido pela alcunha de 'departamento de propina', aos investigadores da operação Lava Jato em sua delação premiada, os partidos políticos são apresentados como clubes de futebol. 

Na lista, o Atlético é o Psol, enquanto o Cruzeiro é o PP. Além dos times mineiros, o Flamengo seria o PT e o Corinthians seria o PSDB. E mais: Internacional (PMDB), Sport (PSB), Vasco (PTB), Palmeiras (PPS), Bahia (PCdoB), Náutico (PSC), Botafogo (PSD), Santos (PRB), Grêmio (PDT), Santa Cruz (PROS), Coritiba (PV) e Remo (Rede). 

Algumas das planilhas entregues aos investigadores usaram os termos e para designar qual cargo ocupava o político beneficiado as posições de jogadores eram usadas, com os pagamentos indo de goleiro (qualquer integrante da base aliada) a centroavante (presidente). 

Por exemplo, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia, era chamado de volante do Fluminense, apesar de em outras planilhas ter sido apelidado de Botafogo. A alcunha era uma forma de codificar o pagamento de propina.

Fonte: JL/OTempo

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...