quarta-feira, 19 de abril de 2017

Piauí tem 164 cidades sem notificação de casos de dengue, diz Sesapi

Casos de dengue reduziram 76,2% no Piauí entre janeiro e 18 de abril, em comparação com o mesmo período do ano passado.

Por G1 PI
Melhor forma de combater  mosquito Aedes aegypti é se prevenindo (Foto: Divulgação)



Segundo dados da secretaria de estado de Saúde (Sesapi), 164 municípios (73,2%) não notificaram casos suspeitos de dengue neste ano. Os dados mostram ainda a inexistência de casos de dengue grave ou com sinais de alarme e nenhum óbito notificado.


De acordo com o boletim epidemiológico, em 2017, foram notificados 574 casos prováveis de dengue em 60 municípios, uma redução de 76,2%, quando comparado ao mesmo período de 2016, que teve 2.413 casos, em 122 municípios.


“A população deve manter as medidas de prevenção, como verificar se a caixa d’água está bem fechada, não descartar lixo em terrenos baldios e manter a lata de lixo sempre bem fechada, não acumular água em vasilhames, colocar areia nos pratos dos vasos de planta, entre outras iniciativas que auxiliam no controle da doença”, disse o coordenador da dengue, Antônio Manuel Araújo.


Dentre os municípios com maior incidência da doença estão Cocal de Telha (64,9%), Capitão de Campos (62,3%), Pedro II (49,9%), Barra D’Alcântara (25,7%) e Arraial (21,4%). Já as cidades que registraram maior número de casos prováveis foram Teresina (32), Pedro II (19), Parnaíba (11), Capitão de Campos (07) e Picos (06).


Em relação à chikungunya, foram 133 casos, em 14 municípios, redução de 66% em relação ao mesmo período de 2016. Os dados da zika e microcefalia apontam que não houve casos notificados neste período, nem registro de óbitos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...