terça-feira, 30 de maio de 2017

'Peço ajuda para tirar meu filho do crime', diz mãe desesperada

A mãe compareceu na Central de Flagrantes de Teresina para pedir que o filho continue preso. Ele é suspeito de esfaquear estudante durante assalto

 
A
mãe do adolescente de 15 anos, 
suspeito de esfaquear durante assalto um estudante no Centro de Educação Profissional em Saúde Monsenhor José Luiz Barbosa Cortez, o Premen-Sul, compareceu à Central de Flagrantes de Teresina para pedir ao delegado que o filho continue preso. Segundo ela, o menor foi apreendido outra vez pelo mesmo crime e chegou a ficar internado no Centro Educacional de Internação Provisória (Ceip).
"Há oito meses o meu fillho entrou para o mundo do crime. Eu não apoio o que ele faz. Estou aqui hoje porque meu desejo é que meu filho fique preso e o estado me ajude a tirá-lo do mundo do crime, porque eu já não sei mais o que fazer", declarou emocionada a mãe.
 
Aflita com a possibilidade do adolescente ser solto, a mãe revelou ter medo do filho aparecer a qualquer momento morto. Ela contou ter pedido ao delegado de ocorrência da Central para que o menor cumprisse novamente medidas socioeducativas e não o liberasse.
"Ele tem que estudar e não ficar nessa vida de assalto", comentou a mãe.
Outros assaltos
Ao G1, alunos do Premen-Sul revelaram que o adolescente apreendido tem o costume de cometer assaltos próximo à escola. A estudante de enfermagem Viviane Leal contou que por pouco não foi vítima do menor.


Fonte: JL/G1PI

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...