sexta-feira, 2 de junho de 2017

Troca de mensagens mostra que Joesley tentou segundo encontro com Temer

Empresário conversou com Rocha Loures para tentar nova reunião e utilizou aplicativo que apaga mensagens depois de lidas. Joesley diz ainda que negociou propina com ministro por celular


U
ma troca de mensagens entre o empresário Joesley Batista e o ex-assessor especial da Presidência Rodrigo Rocha Loures mostra que o dono da JBS tentou marcar um segundo encontro com o presidente Michel Temer.

As mensagens foram divulgadas nesta quinta-feira (1º) pelo site “O Antagonista” e confirmadas pela TV Globo.
Para se comunicar via mensagem com Rocha Loures, o empresário utilizou um aplicativo considerado um dos mais seguros para trocar mensagens secretas pela internet.
Para ler o conteúdo, é preciso passar o dedo na tela. As linhas do texto aparecem uma de cada vez e, depois que as mensagens são lidas, o aplicativo apaga o texto. Se a tela do celular for capturada pelo destinatário, o remetente é avisado.
Por isso, para utilizar a troca de mensagens como prova, Joesley Batista utilizou um segundo aparelho de celular para filmar e tirar fotos das telas durante a conversa que teve com Rocha Loures.
A conversa mostra que, depois do encontro no Palácio do Jaburu, em 7 de março, Batista buscou o ex-assessor especial da Presidência para se encontrar novamente com Temer.
No segundo encontro, o empresário queria discutir com o presidente a Operação Carne Fraca, que investigou casos de corrupção e de adulteração de produtos e foi deflagrada em 17 de março.
No texto, Joesley Batista pergunta a Rocha Loures se consegue um encontro em Brasília com o chefe “amanhã à noite”. Ele fala ainda que a operação ameaça destruir as exportações de carne em um único dia.
Rocha Loures pergunta se o encontro seria mesmo na segunda-feira. Joesley, então, responde que sim: segunda ou terça.
De acordo com o “Antagonista”, Joesley e Rocha Loures trocaram mais algumas mensagens sobre este encontro. O ex-assessor da Presidência disse que Temer estaria em São Paulo para um evento, mas que a agenda estava lotada.
Joesley questiona se era melhor ligar ou deixar que o chefe ligasse, numa referência a Temer. Rocha Loures sugere que o empresário mesmo telefone para o presidente e passa o celular do ajudante de ordem de Temer.


Fonte: JL/Globo

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...