quinta-feira, 27 de julho de 2017

Tribunal julga improcedente denúncia contra o prefeito Rubens Vieira


O juiz da 53ª Zona Eleitoral do Tribunal Regional Eleitoral do Piauí (TRE-PI), Carlos Augusto Arantes Júnior, julgou improcedente denúncia contra o prefeito de Cocal, Rubens Vieira (PSDB). Foi constatada ausência de provas que sustentassem a acusação contra o gestor.

A denúncia feita por Gilson da Rocha Fernandes (PMDB), candidato opositor a Rubens Viera durante o pleito de 2016, acusava o gestor de compra de votos e abuso de poder político-econômico.

Após investigações, o Tribunal decidiu pela improcedência da denúncia, considerando os fatos apresentados, haja vista a fragilidade comprobatória e ausência de provas que demonstrassem quaisquer irregularidades.

“Nós estávamos, desde a abertura da ação, plenamente confiantes de que a verdade prevaleceria. As falsas acusações, que tinham como único objetivo denegrir a nossa imagem e enganar a população, não poderiam ter sucesso. Essa sentença veio, sobretudo, para confirmar o nosso compromisso com o povo cocalense”, declara Rubens Vieira.
Ascom | Cocal

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...