quarta-feira, 20 de setembro de 2017

CRIME Homem é preso no Piauí após falsificar assinatura de juíza e fraudar mandado

Segundo a polícia, o suspeito se passando por uma juíza solicitou apreensão de um carro, que era da sua mãe e ela havia vendido

A
 
Polícia do Civil do Piauí, por meio da Delegacia Regional de Picos, na região Sul do estado, prendeu em flagrante um homem pelos crimes de estelionato e uso de documento falso. Ele se passava por uma juíza e falsificava mandados de busca e apreensão.

De acordo com o delegado Agenor Júnior, o suspeito chegou a criar um perfil falso do WhatsApp se passando pela autoridade judicial e por meio do aplicativo entrou em contato com o policial militar da cidade de São Julião determinando que fosse dado cumprimento a um mandado de busca e apreensão de um veículo.

O policial localizou o veículo em uma revendedora de Picos e ao apresentar a foto do papel despertou no proprietário do estabelecimento a suspeita de que o documento seria falso. "As investigações concluíram que o veículo pertencia à mãe do acusado, mas que já havia sido vendido", disse o delegado.

A polícia conseguiu efetuar a abordagem ao suspeito no estacionamento subterrâneo de um supermercado da cidade de Picos. No momento da prisão foi encontrado com ele o falso mandado de busca e apreensão em uma bolsa. Ele foi conduzido à Delegacia Regional de Picos para ser autuado em flagrante.

Durante o interrogatório, ele chegou a confessar que havia criado o perfil falso do WhatsApp em nome da autoridade judiciária e produzido o falso mandado de busca e apreensão. Confessou também que teria entrado em contato com o policial militar para dar cumprimento ao mandado.

Segundo a polícia, o acusado já possui processo criminal pela suposta prática de crime de estelionato na cidade de Itainópolis. O flagrante foi homologado pelo poder judiciário e foi decretada a prisão preventiva.
Fonte: JL/G1PI

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...