sexta-feira, 13 de abril de 2018

Cocal 2018, faz lembrar 1948


Fonte Tropical Noticias
Raimundo Martins

No início do Século XX, no pequeno povoado de Cocal não havendo capela para as celebrações o povo se reunia de baixo de uma grande figueira.
 Depois de muito pediram, principalmente as mulheres, alguns homens resolveram construir uma pequena palhoça de pau a pique, onde eram feitas as orações e reza do terço. No centro da capela, foi colocado um quadro de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro de propriedade da professora Eponina Dias Bezerra, da qual era devota.

Logo passou a ser visitada por padres de Buriti dos Lopes que celebravam casamentos, batizados e confissões.

No decorrer do tempo, foi ali naquele mesmo local que veio ser construída a casa de Deus, ele dá apenas uma ordem àqueles que o seguem a fazer com que todos se tornem seus discípulos, seus primeiros passos para assumir a cruz de cada dia, foi que no dia 18 de abril de 1948, Dom Benicio Felipe Conduru Pacheco cria a Paroquia Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, nomeando por dois anos o primeiro administrador Frei Anastácio Maria de Porteira. 

Em fevereiro de 1950 foi empossado Frei Elisio Maria Maranguape (seis meses) fundando o Apostolado da Oração, a primeira confraria de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro e iniciou a construção da Igreja Matriz e que essa obra foi concluída todos os trabalhos de estruturação no ano de 1954.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...