sexta-feira, 27 de abril de 2018

PROPINA Temer agride PF: ‘apuração é perseguição criminosa disfarçada de investigação’

Pedirá que ministro investigue vazamentos. Presidente é suspeito de lavar dinheiro. Usou a família para se defender

Opresidente Michel Temer disse nesta 6ª feira (27.abr.2018) que pedirá ao ministro da Segurança Pública, Raul Jungmann, para apurar o vazamento de informações sobre uma investigação da Polícia Federal que apura suposta lavagem de dinheiro do presidente por meio de imóveis em nome da familiares. As informações foram publicadas pelo jornal Folha de S.Paulo.

O presidente disse que a apuração da Polícia Federal “é uma perseguição criminosa disfarçada de investigação“. Declarou que a investigação da qual é alvo é feita por “pessoas de má fé” e baseada em ilações.

Temer rebateu a investigação da Polícia Federal, que aponta indícios de que o presidente teria usado compra de imóveis e reformas para lavar dinheiro de propinas.

O presidente fez 1 discurso forte. Bateu no púlpito onde discursava enquanto rebatia as acusações de corrupção. “Só 1 irresponsável, mal intencionado, ousaria tentar me incriminar, minha família, meu filho, como lavadores de dinheiro. Dizer que lavei dinheiro de uma casa alugada, que gastei R$ 2 milhões”, afirmou.

“Se pensam que atacarão minha honra e de minha família ficarão impunes, não ficarão sem resposta”, afirmou.

Segundo a Folha de S.Paulo, a Polícia Federal viu indícios de que Temer lavou dinheiro de propina no pagamento de reforma de casas de familiares e dissimulou transações em nome de terceiros, como sua mulher, Marcela, e seu filho Michelzinho.

A investigação da PF indica que Temer recebeu R$ 2 milhões em propina em 2014 por meio do coronel João Baptista de Lima. Segundo delatores da JBS e da Engevix, o coronel Lima recebeu R$ 1 milhão de cada 1 dos doadores em 2014.

O presidente usou o pronunciamento para fazer críticas veladas a outros políticos. Atacou, indiretamente, o ex-presidente Lula e o pré-candidato do PSB, Joaquim Barbosa. “Não tenho casa de praia, casa de campo, apartamento em Miami. Não tenho crescimentos de salários a não ser aqueles dentro da lei”, afirmou.

Lula é alvo na Justiça por causa de 1 apartamento no Guarujá (SP) e 1 sítio em Atibaia (SP). O ex-ministro do STF comprou 1 apartamento em Miami em 2012.

Michel Temer fez o pronunciamento minutos antes de receber o presidente do Chile, Sebastián Piñera, no Palácio do Planalto.
Fonte: JL/PODER 360

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...