quarta-feira, 5 de setembro de 2018

ELEIÇÕES 2018 Ibope e Datafolha cancelam pesquisas eleitorais com nome de Lula

Ibope suspendeu divulgação de pesquisa alegando "consulta" ao TSE. 'Folha' disse que "decidiu realizar outra pesquisa sem o nome do candidato vetado", em decisão que afronta a ONU

Ibope e Datafolha, dois dos principais institutos de pesquisa do país anunciaram, nesta terça (4) a suspensão dos levantamentos com o nome do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva entre os candidatos à Presidência da República. O Ibope comunicou que não divulgaria a pesquisa de intenção de votos, encomendada pelo jornal O Estado de S. Paulo e pela TV Globo. Os resultados serias divulgados nesta quarta-feira (5). Já o Datafolha estava preparado para começar a ouvir os eleitores também a partir da terça, mas decidiu cancelar a pesquisa "porque o ex-presidente Lula integrava o questionário".
O Ibope protocolou requerimento no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), questionando a corte se poderia divulgá-lo, pelo fato de o ex-presidente Lula ter tido sua candidatura barrada pelo TSE – uma decisão que confrontou decisão do Comitê de Direitos Humanos da ONU e da própria Lei da Ficha Limpa.   A sondagem foi registrada no TSE no dia 29 de agosto e as entrevistas foram feitas entre os dias 1º e 3 deste mês, quando oficialmente Lula já tinha sido declarado inelegível.  Na última pesquisa presidencial do Ibope, divulgada no dia 20 de agosto, Lula liderava isolado, com 37% das intenções de voto, seguido por Jair Bolsonaro, com 18%; Marina Silva, com 6%; Ciro Gomes, com 5%; e Geraldo Alckmin, com 5% (leia mais).
A Folha de S. Paulo comunicou que "O Datafolha cancelou registro de pesquisa eleitoral nacional que seria realizada de 4 a 6 de setembro devido à impugnação da candidatura do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) pelo TSE (Tribunal Superior Eleitoral)." A pesquisa já estava registrada no Tribunal Superior Eleitoral, sob o código BR-02553/2018, desde sexta-feira (31) passada, momentos antes de o TSE cassar o registro da candidatura do líder petista.
"Como o questionário contemplava cenário com o nome do candidato impedido, o instituto decidiu não aplicá-lo", informou a Folha. Mesmo com chances de recurso, para o jornal, o ex-presidente já está fora das eleições 2018.
O jornal afirmou ainda que o Instituto Datafolha "decidiu realizar outra pesquisa sem o nome do candidato vetado pelo TSE". As perguntas, que seriam feitas a partir de hoje, terão que se refeitas a partir da próxima segunda (10).

Fonte: JL/RBA

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...