sexta-feira, 26 de outubro de 2018

APPM | Pré-campanha inicia com racha na atual diretoria e 4 nomes no páreo


Com a proximidade das eleições na Associação Piauiense de Municípios (APPM), pelo menos quatro pré-candidatos já se dispuseram para disputa pela presidência. São eles, o prefeito de São João do Piauí e pré-candidato à reeleição, Gil Carlos (PT), o atual vice-presidente da APPM e prefeito de Água Branca, Jonas Moura (PSD), o prefeito de Porto, Dó Bacelar (PP) e por último, o prefeito de Santo Inácio, Tairo Mesquita (PSB).

Ao ser questionado a respeito da sua pré-candidatura, Gil Carlos, disse apenas que está "à disposição dos prefeitos e prefeitas", sem confirmar ou negar se de fato entrará no páreo para se manter no comando da associação. Porém, seu vice-presidente Jonas Moura afirmou com veemência a disposição em concorrer, mas ressaltou também a vontade dos seus possíveis aliados. “Ninguém é candidato de si próprio, eu só posso ser candidato se tiver o mínimo de aceitação”, afirmou.
Há dois anos Gil Carlos e o atual vice-presidente da APPM chegaram a firmar um acordo, para que o primeiro pudesse apoiar Jonas nesta disputa. “Nós tínhamos seis candidatos e aí, em conversas, nós terminamos chegando à conclusão de que não seria bom para a APPM uma disputa, nos reunimos umas duas vezes e na terceira, eu fui escolhido para ser candidato à presidência. Por um acordo verbal com o Gil Carlos, que era candidato, a gente resolveu ficar na vice-presidência com a proposta de que ele me apoiaria nos últimos dois anos”, declarou.

Segundo Jonas, os dois se reuniram na semana passada, e de forma não definitiva chegou a ser cogitado o consenso. Mas, publicamente, Gil ainda demonstrou que possa “abrir mão” da disputa à reeleição. O prefeito de Água Branca diz ainda que preza pela união da APPM. “Esse é um dos motivos que estamos lutando para que não tenha disputa, então nós vamos trabalhar na segunda reunião que eu vou ter semana que vem com o Gil para que a gente consiga convencer ele de vir me apoiar”, afirmou.

De acordo com Jonas, os municípios precisam ainda de um apoio maior. “Nós precisamos integrar a APPM aos poderes do governo estadual e federal, essa é uma das minhas bandeiras para a gente trabalhar aqui. Eu quero criar uma ponte onde os prefeitos tenham contato direto com o Governo do Estado e que a gente possa, através da APPM, facilitar esse dialogo, falando de uma forma muito transparente, muito tranquila, para que juntos a gente possa melhorar o dia a dia do prefeito”,

O prefeito de Santo Inácio, Tairo Mesquita também se mostrou convicto quanto a sua pré-candidatura e diz não concordar totalmente com a atual gestão. “Pessoalmente, nada contra o Gil, mas o presidente da APPM tem que defender os interesses dos municípios e ele é muito ligado ao governo, defende os interesses do governo e não do município, esse é o ponto principal que me faz candidato e os apoiadores estão comigo por conta disso”, relatou.

Segundo Tairo, a APPM tem que ser uma associação independente, que defende os interesses únicos e exclusivos dos municípios, seja no governo do Estado, seja no Governo Federal. “Eu estou formando a chapa e o vice é pra ser da região Norte justamente por isso, se eu for eleito vamos fazer os encontros e as reuniões com as associações com os territórios, juntar as demandas e levar ao governo do Estado”, declarou.

Ao ser questionado quanto a sua relação com o governador reeleito, Wellington Dias, Tairo afirma que a relação será amigável. “Amigável, entre aspas, o que for de interesse do município, a APPM vai tomar as devidas providências, independente de ser o governador Wellington Dias ou se fosse qualquer outro. Vai ter a sintonia? Vai, mas prevalecendo a vontade e os interesses dos municípios”, disse.

De acordo com o prefeito Jonas Moura, a previsão é que as eleições da entidade aconteçam entre o dia primeiro e dez de janeiro.

O prefeito de Porto, Dó Bacelar que anteriormente já havia declarado interesse pela presidência, portanto pré-candidato com o possível apoio do senador Ciro Nogueira (PP), foi contactado, porém, até o fim da matéria não conseguimos uma resposta do mesmo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...