quinta-feira, 28 de março de 2019

Governo arde a céu aberto e Bolsonaro indaga: o que tenho feito de errado?

Numa quarta marcada pela agonia, ministros vivem constrangimento no Congresso, presidente joga álcool na fogueira e mercado fica com nervos à flor da pele
Por José Benedito da Silva

  /VEJA)
O governo Bolsonaro derrete a cada dia. Nesta quarta-feira 27, o derretimento veio em forma de uma longa agonia, parte dela transmitida ao vivo pela TV, que exibiu nomes de peso da gestão acossados por membros do Congresso durante discussões sobre temas relevantes.

A agenda já era perturbadora. Nada menos que cinco ministros estavam convidados pelo Legislativo para expor, a parlamentares desconfiados, o que afinal o governo pretende fazer com o mandato que obteve nas urnas.

E não foram quaisquer ministros. Paulo Guedes (Economia), Sergio Moro (Justiça), Ernesto Araújo (Relações Exteriores), Vélez Rodríguez (Educação) e Luiz Henrique Mandetta (Saúde), todos à frente de pastas de primeiro escalão, foram para o debate.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...