segunda-feira, 18 de novembro de 2019

Novas manchas de óleo atingem Delta do Parnaíba

Sete áreas do Delta foram atingidas; estima-se que há cerca de 1 tonelada de óleo somente nessa regiãoNovas manchas de óleo atingem Delta do Parnaíba 

Foto: Reprodução

Durante sobrevoo realizado, a Capitania dos Portos confirmou que as manchas de óleo que apareceram no litoral do Piauí, durante a semana, já atingem sete áreas do Delta do Parnaíba.
As áreas atingidas são Ilha do Caju, Barra das Melancieiras, Ilha dos Poldros, Ilha das Canárias, Praia do Pontal, Praia de Caiçara e na praia de Tutóia.

Com isso, o Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade(ICMBio) aponta uma estimativa de que há cerca de 1 tonelada de óleo somente na região do Delta. 

Uma nova vistoria feita pela Marinha no litoral piauiense foi iniciada nessa segunda-feira(18) para ver os danos, até então, e a extensão das manchas de óleo. 

A Capitania dos Portos e a Secretaria de Estadual de Meio Ambiente e Recursos Hídricos(Semar) tem feito, ao longo dos dias, esse trabalho conjunto que conta com um navio patrulha da Marinha do Brasil e aeronaves para fazer um levantamento com imagens aéreas.

Além da região do Delta do Parnaíba, sete praias do litoral do Piauí foram atingidas, a de Atalaia, Coqueiro, Pedra do Sal, Arrombado, Peito de Moça, Cajueiro da Praia e Pontal.
Dessas, a Semar considerou três impróprias para banhos, que são a Atalaia e Peito de Moça, que ficam em Luís Correia, e Pedra do Sal, em Parnaíba. 

Assim que começaram a aparecer as primeiras manchas de óleo na faixa litorâne do Piauí, desde o dia 28 de setembro, já foram retiradas das praias cerca de 3,5 toneladas de resíduos.
Esses materiais são tóxicos e podem causar danos à saúde. Tartarugas-marinhas e peixes já foram encontrados mortos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...