sábado, 28 de dezembro de 2019

As Duas Faces do Natal em Cocal: Com ou Sem Fome



Fonte: Tropical Noticias
         Em minhas andanças pelos bairros do município de Cocal - região norte do Piauí- me deparei com uma dura realidade ao buscar famílias pobres para doar cestas básicas de alimentos arrecadados pela a Rádio Tropical FM em sua Campanha Natal Sem Fome em Cocal. Este ano conseguimos arrecadamos um total 15 cestas básicas cada cesta cerca de 25 kg, que chegou à mesa de apenas 15 famílias carentes.


         Por onde passei vi registrado a marca das necessidades em cada rosto das pessoas sofridas, sem trabalhos, quase sem esperança. Mas em cada sorriso das crianças existia a alegria da minha presença, achando que eu levaria presentes de natal para ofertar a elas.
O município cocalense apresenta duas faces, de um lado uma cidade muita pujante e progressista, que tenta demonstrar que se desenvolveu, enquanto de outro lado escancara uma realidade triste, nua e crua da maioria população cocalense de ausência total de seus direitos básicos previsto na constituição federal de 1988, como saúde, educação, trabalho que dão dignidade a pessoa humana.

Na busca de resposta aos reais motivos dessa triste realidade de extrema pobreza material dos cocalenses, estamos cada vez mais convictos, que são produzidos pela falta de respeito e esquecimento da população mais necessitada. 
Os mais carentes se tornam invisível aos olhos dos políticos de ocasião, são deixados de lado, relegado ao esquecimento e a falta de vontade política dos governos municipais, que em época de campanha eleitoral fica penalizado vendo toda essa pobreza, e ao mesmo tempo pedindo a Deus vitória para poder ajuda-los, porem a política passa, ficam eles esquecidos novamente outra vez. 


O problema não é novo, como não são novas as propostas para a sua eliminação; mas o que tem prevalecido ao longo do tempo é a indiferença e o descaso da parte dos detentores do poder político em relação à população brasileira mais desfavorecida socioeconomicamente.

 A Campanha Natal Sem Fome da Rádio Tropical é permanente. 
Estamos ainda recebendo doações de alimentos para nossos irmãos cocalense e doações em dinheiro qualquer importância pode ser depositado em conta bancaria da Caixa, 4366 – 00P – 00308-1 - Associação Comunitária de Radiodifusão Alternativa de Cocal.
Aqui as fotos das residências das pessoas que vão receberam doações (cesta Básica) pela a Rádio tropical FM
 1ª – Francisca Maria Pereira
Rua Edmundo Vieira – Bairro Alfa – 1

2ª – Valdelina Carvalho Pereira
Rua João Ferreira de Brito – Bairro São Francisco
 3ª – Antônio Fernando de Sousa dos Santos
Rua Projetada, Conj. João Cartomante.

4ª – Antônio Alexandre
Conjunto João Cartomante
 5ª - Maria Luzai de Mesquita.
Rua Santa Madalena ,140 – Bairro Santa Teresinha
 6ª – Diana Sousa Silva.
Rua Coronel Jonas – Bairro São Francisco.
 7ª - Eudes de Sousa Pinho
Rua Santa Madalena S/N – Bairro Santa Teresinha
 8ª – Paulo Farias Veras.
Rua Santa Lucia, 1118 – Bairro Santa Teresinha
 9ª – Auciomar José Ferreira
Rua Projetada - Conj. Padre Everaldo
 10ª – Ieda Maria Oliveira de Sousa
Rua Totonho de Brito, - Bairro São Francisco.
 11ª – Maria Neuza da Silva Vieira
Rua Luiz Gonzaga Marques, 116 – Bairro Baixa do Mutirão
 12ª Luiz Araújo da Silva
Rua Totonho de Brito, - Bairro São Francisco
 13ª – Cleudiana Muniz do Nascimento
Rua Totonho de Brito, 1118 – Bairro São Francisco.
 14ª – Antônio Raimundo Santana
Rua PI – Bairro Santa Teresinha
 15ª – Francisco das Chagas Farias Moreira
Conj. Nova Quadra E – Bairro Santa Teresinha

Um comentário:

  1. Eu acredito que a vinda de uma indústria para Cocal seria de muito grande valia para diminuir a questão da pobreza, acontece que os políticos não oferecem benefício nenhum para as indústrias. A doação do terreno bem como a isenção de impostos por alguns anos com certeza despertaria o interesse de alguma fábrica se estabelecer em Cocal. Agora falta é político com esta visão. Tá difícil mais é possível.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...