quinta-feira, 9 de abril de 2020

Cloroquina será usada contra covid-19 na rede municipal de São Paulo


Prefeitura conta no momento com 6 mil cápsulas para o tratamento, o que permite atender mil pacientes, anunciou o prefeito Bruno Covas


Bruno Covas, prefeito de São Paulo

Bruno Covas, prefeito de São Paulo

Reprodução
A rede municipal de saúde de Saúde de São Paulo introduziu o uso de cloroquina para o tratamento contra a covid-19, informou o prefeito Bruno Covas nesta quinta-feira (9). "Desde que haja prescrição médica, desde que haja consentimento do paciente ou da família, a secretaria municipal, nossos hospitais municipais vão passar a administrar também a cloroquina", disse Covas.
Saiba como se proteger e tire suas dúvidas sobre o novo coronavírus
De acordo com o prefeito, há 6 mil comprimidos disponíveis na rede do muncípio para tratamento, o que permite atender mil pacientes. Covas afirmou ainda que determinou a aquisição de novas unidades do medicamento para o combate da doença.
Leia também: SP vai monitorar isolamento e tirar dúvidas sobre covid-19 por celular
Em entrevista coletiva, Covas anunciou também que fará na segunda-feira (13) uma reunião com representantes dos setores de comércio e serviços para discutir a possibilidade de adoção de horários escalonados nos serviços essenciais que contuam abertos som o objetivo de evitar picos de algomeração, em especial, tranporte público da cidade.

Brasil

A indústria farmacêutica instalada no Brasil tem cerca de 8,9 milhões de comprimidos de medicamentos à base de cloroquina e hidroxicloroquina. Estes produtos são aposta do presidente Jair Bolsonaro no combate ao coronavírus, mas estão recomendados pelo Ministério da Saúde somente para pacientes internados, pois faltam estudos conclusivos sobre segurança e eficácia da droga.
Leia também: Além da cloroquina, vejas drogas testadas contra covid no Brasil
A indústria afirma que tem capacidade para produzir a demanda pelo remédio, mesmo com bloqueios de exportações da Índia, principal fornecedora da matéria-prima.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sobe para 41 número de mortos em acidente entre ônibus e caminhão em SP

 O Corpo de Bombeiros e a Polícia Rodoviária de Piraju (SP) foram chamados para atender a ocorrência. Doze pessoas estão gravemente ferida...