terça-feira, 12 de maio de 2020

CRUELDADE: idosos preteridos em UTIs tirados do tubo e respirador para dar lugar aos jovens!PODE?

Desde o começo da pandemia do Covid/19 que advertíamos de que chegaríamos ao
momento em que faltariam leitos de UTIs com respiradores para atender a população. Esse terror já chegou! São centenas de pessoas desesperadas em portas de UPAs e de UBS gritando, clamando por um leito de UTI para em especial, seu idoso, pai e mãe. Infelizmente, a televisão em todo momento, de Manaus ao Rio de janeiro, mostra fatos cruéis, de filhos chorando e lamentando que seu pai, ou ente querido morreu por falta de UTI e de respiradores. 

E São Paulo o estado mais estruturado com hospitais de campanha já anuncia que vai faltar leitos na capital recorrendo ao interior nas cidades da grande São Paulo.

O Brasil não tem 6 milhões de Utis, como socorrer uma população de mais de 200 milhões de habitantes, quando essa Epidemia está do Rio Grande Sul a Manaus? E agora o que fazer?

Vamos enfrentar o mesmo desespero da Itália, Espanha, Inglaterra, EUA, em especial New York, com as pessoas morrendo à mingua nas portas de hospitais e nas ruas por falta de respiradores.

Por várias vezes já ouvimos médicos declararem que o momento mais difícil é decidir quem fica para a UTI e respirador, quando se trata de um idoso e de um jovem, quando, por decisão do médico ou da equipe da UTI, ao definir quem ficar no tubo e respirador o idoso é descartado da preferência, põem um jovem no seu lugar. Santo Deus, quanta crueldade, isso merece um acompanhamento do Ministério
Público Federal, afinal, a saúde publica é bancada pelo SUS – Sistema Único de Saúde, bancado pela União Federal, merecendo um acompanhamento rígido, pois, se o idoso estiver em estado terminal, tudo bem e se não estiver, vai evoluir para a morte, para dar lugar ao jovem, e seus filhos, esposa, como ficam? UM DESESPERO CRUEL E PERVERSO!!

Agora voltamos a advertir, cuidem do campo, das pequenas cidades e povoados,
em especial no norte e nordeste, pois no interior sequer temos hospitais, e sim, apenas um posto de saúde. Ora, para onde levar o povo acometido por tão perigosa epidemia? Correr para o campo e orientar as populações, com anúncios na TV e no rádio, de que se isolem e se protejam, pois não terão leitos de UTIs e nem respiradores, por falta de estrutura hospitalar no sertão nordestino.

O Sr. Ministro da Saúde deve se manifestar, dando explicações às famílias, de
centenas de idosos já mortos, tirados do respirador para dar lugar a um jovem, isso pode até ser feito, mas, é macabro, cruel, impiedoso, afinal, todos são seres humanos. Pergunta que não quer calar: por que o idoso tem que morrer no lugar do jovem? Será que Deus decidiria assim? Ó Cristo, tenha dó!!

É a nossa dura opinião de hoje, doa a quem doer!!
Edição: tropical noticias
Fonte: Jogoaberto.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Quem pagou a internação de um assessor do governador? Diária de R$ 5,4 mil...

Saúde PARA POUCOS O Hospital Sirio-Libanês em São Paulo exige depósito antecipado de R$ 350 mil para UTI: poucos conseguem acesso...