quinta-feira, 14 de maio de 2020

Delegados de casos Marielle e Adélio serão ouvidos pela PF no caso Moro


Eles serão interrogados pela Polícia Federal na investigação de denúncias feitas por ex-ministro da Justiça contra o presidente Jair Bolsonaro

Todos serão ouvidos na sede da PF em Brasília (DF)Reprodução/Google Street View

A Polícia Federal vai interrogar na próxima semana três delegados da corporação que atuaram no caso Adélio e no caso Marielle Franco no inquérito que apura as denúncias feitas pelo ex-ministro Sérgio Moro contra o presidente da República.

O delegado Rodrigo Morais, que atuou na investigação do atentado sofrido pelo presidente durante a campanha em Juiz de Fora (MG), será ouvido às 15h na terça-feira (19).

Já o delegado Claudio Ferreira Gomes, que atua na investigação de policiais supostamente envolvidos no atentado que matou a vereadora Marielle Franco no Rio de Janeiro, será ouvido na quarta-feira (20).

Além dos dois delegados, a Polícia Federal ouvirá Cairo Costa Duarte, superintendente da PF em MG, que irá depor também na quarta-feira, e ouvirá novamente o atual diretor-executivo da instituição Carlos Henrique Oliveira de Sousa.


Já prestaram esclarecimentos no caso, além de Moro, o ex-diretor-geral da PF Maurício Valeixo; Alexandre Ramagem, um dos indicados para substituir Valeixo por Bolsonaro; Ricardo Saad, outro ex-superintendente da PF no Rio de Janeiro e os ministros Luiz Eduardo Ramos; da Secretaria de Governo; Augusto Heleno, do Gabinete de Segurança Institucional e Walter Braga Netto, da Casa Civil.

Nesta quarta (13), Moro e representantes da AGU, da PGR e do STF também assistiram ao vídeo da reunião ministerial de 22 de abril apontada pelo ex-ministro em seu depoimento como prova das intenções de Bolsonaro de interferir na Polícia Federal.
Edição: Tropical Noticias
Fonte R7

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...