terça-feira, 22 de setembro de 2020

Em União, governador tenta abafar escândalo dos calçamentos sobrepostos

Governo está aplicando cerca de R$ 5 milhões em ações no município; populares dizem que é apenas

Rua calçada e cujo calçamento estaria sendo de novo projetado pelo governo (Foto/Francisco Marques)
Rua calçada e cujo calçamento estaria sendo de novo projetado pelo governo (Foto/Francisco Marques)

O governador Wellington Dias visita, nesta terça-feira (22), o município de União, 56 km de Teresina. Segundo a versão oficial, ele vai vistoriar e inaugurar obras de mobilidade urbana e infraestrutura.

Na verdade, sua presença naquele município tem propósito de tentar abafar o impacto negativo de denúncias de que o governo estaria fazendo a mesma obra duas vezes - calçamento sobre calçamento, e para tanto utilizando fotografias de 2017.

Há também denúncia de que o governo, através da Secretaria das Cidades, teria projetado fazer calçamento sobre rua já asfaltada. Com pretexto de acompanhar obras na PI-112, o chefe do Executivo tentará desviar a atenção da população para os muitos anos de abandono em que vive o município.

Prova disso é que o governo afirma que os 8km da duplicação da PI-112 foram interrompidos por causa da pandemia. Na verdade, essa obra está abandonada há mais de 3 anos. Temos vídeos de 2017 mostrando o descaso. (Veja Vídeo AQUI). Assim como fez com a rodovia BR-343, ele promete a entrega da obra para dezembro deste ano.

Wellington, logo depois, segue para a Unidade Escolar Filinto Rêgo, onde, segundo a Coordenadoria de Comunicação, vistoria os trabalhos de reforma e ampliação ali executados. Dali, segue para a cerimônia de inauguração da nova Estão de Tratamento de Água (ETA) de município.

Em ambos os casos, o governo está realizando apenas pintura das estruturas físicas, de acordo com informações de moradores. Mesmo assim estariam sendo aplicados perto de R$ 5 milhões nas ações anunciadas.

Ainda assim, mesmo com toda essa formalidade e anúncio em emissoras de rádio, televisões, jornais e portais, União padece de um crônico problema de falta de água. Para beber, as pessoas compram garrafões. A água fornecida pelo estado é insuficiente e em algumas horas do dia simplesmente não existe.

Na tentativa de sensibilizar a sociedade, realizará a entrega de uma van adaptada para a APAE do município, por meio da Secretaria de Estado da Inclusão da Pessoa com Deficiência. É o mesmo Wellington de sempre. Sem tirar nem pôr. (Toni Rodrigues)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...