sexta-feira, 30 de outubro de 2020

'A caneta Bic é minha', diz Bolsonaro sobre compra de vacina chinesa

Afirmação se dá após vice-presidente Hamilton Mourão afirmar que 'é lógico' que governo federal comprará a Coronavac

  Na imagem, presidente Jair Bolsonaro

Na imagem, presidente Jair Bolsonaro

Adriano Machado/ REUTERS 14.10.2020

"A caneta Bic é minha", afirmou o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) na tarde desta sexta-feira (30) ao R7 Planalto sobre a possível compra pelo governo federal da vacina chinesa contra a covid-19.

A afirmação de Bolsonaro ocorre após o vice-presidente da República, Hamilton Mourão (PRTB), afirmar que "é lógico" que o governo brasileiro comprará a Coronavac, vacina feita pelo laboratório chinês Sinovac em parceria com o Instituto Butantan.

PublicidadeBotão para controlar o volume da publicidade

"O governo vai comprar a vacina, lógico que vai. Já colocamos os recursos no Butantan para produzir essa vacina. O governo não vai fugir disso aí", disse Mourão à revista Veja. 

A Coronavac tem sido alvo do debate entre Bolsonaro e seu adversário político, o governador de São Paulo, João Doria (PSDB). Numa reunião com governadores, o ministro da Saúde, general Eduardo Pazuello, havia dito que o governo brasileiro iria usar a vacina no SUS (Sistema Único de Saúde), mas foi desautorizado por Bolsonaro.

O presidente disse que não seria feito investimento numa vacina que não foi aprovada pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária). O órgão liberou, contudo, nesta quarta-feira (28), a importação da matéria-prima necessária para fabricação das primeiras doses da vacina.

Fonte: R7

Edição: Tropical noticias


 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sobe para 41 número de mortos em acidente entre ônibus e caminhão em SP

 O Corpo de Bombeiros e a Polícia Rodoviária de Piraju (SP) foram chamados para atender a ocorrência. Doze pessoas estão gravemente ferida...