terça-feira, 20 de outubro de 2020

Insalubridade Reina no Mercado Público em Cocal

É notório o cenário de descaso com mercado público do município de Cocal, uma imagem vale mais do que mil palavras. Pelas fotos você pode observar o abandono do mercado, esse mercado para quem não o conhece fica no centro da cidade. É uma tristeza vê-lo por dentro, como por fora também em completo abandono, jiraus e lixos, até parece que não existe uma administração municipal, pois há muitos anos que esse mercado foi construído, ainda no mandato do prefeito Domingos Alves Gomes.  Foi ele quem começou a obra, e somente no ano de 1968 foi concluído e inaugurado no mandato do prefeito do Joaquim Vieira de Brito – o Quincas Vieira. Passaram-se anos e mais anos sem reformas, somente em 1992 que José Maria da Silva Monção, o prefeito da época mandou fazer uma reforma e intitulou o mercado municipal de “Chico Monção”.

  

Na atual gestão do município de Cocal, o poder público o deixou completamente desassistido, dessa forma comprometendo a saúde e a qualidade de vida dos cocalenses. Não podemos nos esquecer de que o coronavírus – COVID19- surgiu nos mercados das cidades chineses em função de seu alto grau de insalubridade.

 

A situação é precária tanto por dentro como por fora, até parece que o mercado público não faz parte da cidade e o principal foco de saúde pública do município, por lá passa toda alimentação dos cocalenses.

  

 Ao redor do mercado as improvisações estão em todos os lugares, produtos alimentícios de várias espécies tudo misturado, podendo gerar várias doenças bacteriológicas e virais na população, enquanto o gestor atual se preocupa apenas com praças e quiosque, deixa o mais importante que é o mercado fonte de saúde e onde muitos pais de famílias tentam sobreviver em segundo plano.

 

Os magarefes e os comerciantes sem as mínimas condições de trabalho. A falta de higiene atinge praticamente todas as bancas de carne, verduras e demais locais, dá nojo se vê, nem sequer banheiro tem um verdadeiro chiqueiro dentro do mercado público de Cocal, iluminação insuficiente. Encontra-se em precárias condições de higiene e segurança, colocando em risco a saúde da população, até parece que na cidade não existe vigilância sanitária, se existe faz vista grossa...

  

Dentro do mercado, são comercializados produtos dos mais variados, como carnes, peixes, frangos, cereais, restaurante e bares. Do lado externo também existem, lanchonetes, bares e vários tipos de comércios. As pessoas relataram as condições degradantes do local e ineficiência do poder público municipal. E não existe relato melhor do que as fotojornalistas desta matéria.

 



Fonte: Tropical Noticias



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Família aluga casa e acha antiga moradora enterrada no jardim

Uma família moradora de Ubatuba, no litoral norte de São Paulo, foi surpreendida ao fazer uma reforma no jardim de casa e encontrar os...