segunda-feira, 19 de outubro de 2020

Por que mentes tanto, governador?!!!

O governador Wellington Dias, eleito democraticamente e em primeiro turno pela 4ª vez, deveria ser um elemento extremamente grato aos piauienses, especialmente aos parnaibanos, pela confiança que lhe depositaram todos esses anos entregando-lhe nas  mãos os seus destinos. Mas não. Wellington Dias se encantou pelo poder e fez do Piauí uma extensão de sua própria casa, que ele transformou em sede do governo.

Quantas ordens de serviço já não foram assinadas por esse governador, para obras que nunca aconteceram? Qualquer prefeito de município do interior tem uma coleção delas, guardadas. E em Parnaíba? Quantas obras iniciadas, paralisadas e nunca concluídas? Quantos órgãos do governo estadual foram esvaziados, sucateados e destruídos, a exemplo do antigo Iapep (IASPI), Emater, Academia de Polícia e TV Delta?

Agora, vem o governador comemorar o Dia do Piauí em Parnaíba, para inaugurar obras iniciadas há anos. Aliás, este feriado ele antecipou por conta da pandemia, lembram? Essa é a primeira palhaçada. Quanto às obras, por mais que elas sejam feitas a esta altura do campeonato, nada redime do governador do débito que ele acumulou junto a Parnaíba e aos parnaibanos.

Nas eleições de 2016, quando tentava reeleger seu “parça” Florentino Neto(PT), prometeu também um monte de coisas e esqueceu, tão logo acabaram as eleições. Exemplo? Reforma do Mercado da Caramuru e Porto dos Tatus. Só para citar dois.

Agora promete de novo calçamentos, asfaltos, reforma de escolas, tudo em 150 dias, assim como prometeu uma reforma emergencial para o Complexo Cultural Porto das Barcas em 180 dias. E já se foram 3 anos.

Fosse eu vereador, Sr. Governador e já teria proposto um projeto de lei considerando-o persona non grata em Parnaíba. Sim, porque não nos respeitas. A segunda maior cidade do Estado e uma das que mais paga ICMS, não vê o retorno desses impostos nem a aplicação dos recursos dos empréstimos que são contraídos para a reforma das rodovias estaduais. Exemplo? A PI-116, de acesso à Pedra do Sal.

Portanto, governador, gostaria de reconhecê-lo como um grande estrategista político. Mas não passas de um reles politiqueiro, desses tantos que o PT fabricou Brasil à fora. Seu ídolo maior, o Lula, talvez tenha aprendido com o senhor a arte da dissimulação. A frieza com que mentes, dá medo. A destreza com a qual convences a politicalha deste Estado a te seguir é surreal. E ainda escolhes um candidato a prefeito de Parnaíba, a  teu bel prazer, para ele vir aqui falar de respeito. Desrespeito maior, tu praticas contra a cidade, governando de costas pra ela. Desrespeito maior praticas contra os professores, a quem não dá reajuste há dois anos seguidos, e SINTE/Parnaíba simplesmente cala. Desrespeito maior é não te tocares e continuar mentindo, achando que ainda convences o parnaibano. Pra mim, o governador do Piauí não é bem vindo a esta cidade.

UMA DAS MAIORES MENTIRAS

Lembram quando ele, antes de decidir sair candidato a senador, quando o seu vice era Wilson Martins? Antes, disse que tinha conversado com Deus e que o Todo Poderoso tinha recomendado que ele ficasse no governo até o fim. No dia seguinte foi a Brasília conversar com o então presidente Lula, condenado em dois processos em segunda instância e mantido em liberdade por Ato Institucional do STF (Supremo Tribunal Federal). Voltou ao Piauí dizendo que seria candidato. Deixaria, pois, o governo. Lula tem mais influência sobre ele que o Criador. Coisa de petista (Por:Bernardo Silva)

Edição: Tropical Noticias

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Iaspi amplia sua rede credenciada em Parnaíba e hospital conta com consulta e exames

   O Instituto de Assistência à Saúde dos Servidores Públicos do Estado do Piauí (Iaspi), antigo Iapep, ampliou sua rede de credenciados ...