quinta-feira, 11 de março de 2021

Politica e Protesto - Fachada do Karnak é pichada: O povo sangra!

 Em pichação, novo protesto ocupa fachada principal do palácio do governo; manifestação contra decreto?!

Em frente ao Palácio, pichação
Em frente ao Palácio, pichação

Pichadores fizeram durante a madrugada desta quinta-feira (11) pichação na fachada do Palácio de Karnak, sede do governo do estado, no centro de Teresina. Eles colocaram os dizeres: "O povo sangra!" duas vezes na fachada principal do palácio.

É a segunda vez em menos de um ano que o palácio do governo é pichado. Na vez anterior, o pichador também agiu de madrugada. Não havia um protesto definido. Eram apenas caracteres esparsos e uma frase: "Nova era."

A guarda palaciana ainda não tem qualquer informação sobre a autoria da nova pichação. O fato foi registrado pela TV Clube. O programa Bom Dia Piauí apresentou a imagem e fez uma nota coberta.

 

 

Continua depois da publicidade

>>> FOTOS ENVIADAS POR LEITORES: O POVO SANGRA, DIZ A FRASE INSCRITA NA PICHAÇÃO

Nós recebemos várias informações de leitores logo nas primeiras horas. Gente que passava em frente ao palácio registrava em vídeo ou foto com celular e nos encaminhava. As imagens que ilustram essa matéria foram repassada por vários moradores de Teresina.

O caso ganha ampla repercussão porque, em tese, a área interna do palácio, onde despacha o governador e alguns secretários e assistentes, deveria ser indevassável. A proteção é feita pelo Gabinete Militar do próprio palácio.

Alguns integrantes disseram que câmeras de segurança podem ajudar a identificar o autor (ou autores) da pichação. Fontes do palácio entendem que a pichação pode ter sido feita por grupos que repudiam decreto recente do governador Wellington Dias que amplia restrições no combate ao coronavírus.

>>> DA VEZ ANTERIOR, EM ABRIL PASSADO, PICHADORES COLOCARAM "NOVA ERA"

Semana passada houve manifestação com ocupação de área em frente ao Karnak. Trabalhadores do ramo de hotelaria e restaurantes disseram que as medidas do governador representam um verdadeiro terror para toda a classe que está impedida de trabalhar e, portanto, de sobreviver. 

O governador ainda não fez nenhum comentário sobre o assunto. É muito provável que ele não diga nada. Da vez anterior, em que houve pichação, no dia 7 de abril de 2020, o chefe do executivo não se manifestou. O radialista Alex Brasil disse que "a coisa está anarquizada."

A fachada está sendo limpa. Há pouco era possível observar trabalhadores passando cal ou tinta branca sobre os dizeres. (Toni Rodrigues)

Edição: Tropical Noticias

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Família aluga casa e acha antiga moradora enterrada no jardim

Uma família moradora de Ubatuba, no litoral norte de São Paulo, foi surpreendida ao fazer uma reforma no jardim de casa e encontrar os...