terça-feira, 10 de maio de 2022

"Um dos piores governos da história do Piauí", diz Marden Menezes

 O deputado fez uma série de críticas a administração pública do Estado e ressaltou que os piauienses estão cansados da forma como o Piauí está sendo gerido pelo PT. 

Nesta terça-feira (10), o deputado estadual Marden Menezes (Progressistas) fez críticas à administração do Governo do Piauí gerido pelo Partido dos Trabalhadores (PT) e afirmou ao Viagora que o atual cenário no Estado seria “o pior momento da história de gestão pública” vivia pelos piauienses.

Questionado sobre como tem avaliado as estratégias do pré-candidato da oposição, Rafael Fonteles, apesar de explicar que não observa as ações do petista, o deputado afirmou que o PT tem uma das piores gestões a nível de Estado. O parlamentar ainda fez críticas a administração municipal de Dr. Pessoa na capital, Teresina, que se convergem na má administração pública.

Foto: Luis Marcos/ ViagoraDeputado Marden Menezes
Deputado Marden Menezes

“Eu pouco observo, estou mais focado na minha pré-campanha e na pré-campanha do meu partido do Progressistas dos colegas que estão aqui, eu não perco tanto tempo avaliando o adversário, para ser franco eu pouco observo. Eu confio muito na minha percepção, na experiência que a gente tem ao longo do tempo, no conhecimento de Teresina, sabendo que hoje o Piauí vive talvez a pior convergência de gestões sem resultado, desorganizadas e sem planejamento. Uma gestão muito ruim que já vinha do governo a nível de Estado e que casa infelizmente, ela tem um momento que coincide com uma gestão desastrosa em Teresina. Então o resultado da gestão municipal de Teresina, que é muito ruim, a nível de Estado que não fica para trás, infelizmente, é talvez o pior momento da história de gestão pública que o teresinense já tenha vivido. Porque ele se sente desassistido pela prefeitura de Teresina, de uma forma abrupta porque a diferença é muito grande em apenas um ano do nível de organização que a gente tinha para o nível de desorganização que nós temos hoje. Isso coincide com o período de talvez um dos piores governos da história do Piauí que é essa última gestão do governo do PT. Não há escola para o pai de família levar seu filho, as escolas estaduais sucateadas, professores em greve, não há transporte público em Teresina, a Uespi vive um caos, os hospitais super lotados, as filas se aglomerando, a segurança pública, os índices de homicídio e de crimes violentos em Teresina crescendo de forma galopante, então se nós avaliarmos nos últimos anos, principalmente com o olhar para Teresina talvez seja o pior momento de gestão pública que Teresina já viveu. ”, explica.

Para Marden Menezes os piauienses estão cansados da gestão atual do Estado, que é governado pela petista Regina Sousa. O parlamentar destacou ainda um sentimento de mudança e renovação que pode ser concretizada com as eleições.

“Essa triste coincidência traz para Teresina um momento de muita dificuldade para a população, o que nós sentimos é um sentimento de mudança, de querer sair dessa situação. No caso de Teresina houve um arrependimento, no caso de Estado há um cansaço, uma fadiga, as pessoas realmente já não toleram a maneira como o Estado vem sendo governado”, pontua.

No pleito deste ano para disputar o Governo do Estado, o pré-candidato que representa a oposição é o ex-prefeito de Teresina Sílvio Mendes que deve enfrentar o pré-candidato da situação, Rafael Fonteles. Em relação ao desempenho de Sílvio Mendes nas pesquisas, o deputado afirmou que o pré-candidato tem mostrado aceitação não apenas nas pesquisas de opinião pública, mas no calor da pré-campanha.

“Nós estamos muito confiantes. O desempenho do Dr. Sílvio, pelo menos nos institutos que nós entendemos que tem um histórico maior de acerto, tem sido muito bom e além das pesquisas de opinião pública nós sentimos isso no calor da pré-campanha, nas visitas, nas ruas, por onde a gente tem andado há um sentimento realmente muito forte de mudança, eu particularmente estou muito otimista, muito confiante”, acrescenta.

Marden Menezes ainda pontuou que reconhece uma polarização entre os nomes de Rafael Fonteles e Sílvio Mendes, mas a expectativa da oposição é que Sílvio Mendes se concretize como governador no primeiro turno. Se houver um segundo embate o deputado explica que as oposições devem se unir em torno desse proposito.

“O histórico mostra [a polarização], sempre acaba tendo uma polarização eu diria que a tendência seja essa, o que observamos é que haverá uma forte tendencia de polarização entre a candidatura apontada pelo atual sistema e o nome mais forte que agrega as oposições, lógico que respeitamos as outras candidaturas e entendemos como legitimas também. Nós esperamos definir as eleições no primeiro turno, que as oposições vençam no primeiro turno, Dr. Sílvio vença no primeiro turno, se obviamente se as eleições se estenderem para o segundo turno nós temos a convicção que todas as oposições nossa expectativa é que Dr. Sílvio possa vencer no primeiro turno”, concluiu.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Aluguel da atual casa de Lula foi anunciado por mais de R$ 20 mil

  A casa atual do ex-presidente Lula (PT) em São Paulo está bem longe de se encaixar no discurso recente do petista com críticas à classe ...