segunda-feira, 5 de setembro de 2022

PDT vai ao TSE para impedir que Bolsonaro diga em campanha eleitoral que criou o PIX

 

O PDT, partido do candidato Ciro Gomes ao Palácio do Planalto, vai ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) para derrubar uma propaganda eleitoral do presidente da República sobre o Pix.

Desenvolvido pelo Banco Central, o pagamento instantâneo foi lançado na gestão de Jair Bolsonaro (PL), em 2020. No entanto, o partido alega que o mandatário mente ao afirmar que “nós criamos o Pix”.
 
No vídeo, Bolsonaro diz, entre outras coisas: “Vamos falar sobre o Pix? Nós criamos em 2020. Você se lembra, né? A dificuldade para você fazer uma transferência de recursos. Hoje, você faz de casa, do teu celular. E o que é melhor, sem pagar taxas […].”

De acordo com o documento apresentado pelo PDT, a propaganda tem “conteúdo desinformativo e detém o condão de ludibriar os eleitores”. A sigla pede, então, que Bolsonaro seja impedido pelo TSE de falar que é o criador do Pix.

“Desta forma, não se pode permitir que, sob as vestes da liberdade de manifestação, se promovam acintes à democracia brasileira, com a veiculação de fatos sabidamente inverídicos e gravemente descontextualizados e que tenham potencial lesivo para degradar a higidez e lisura do pleito eleitoral de 2022, razão pela qual vale-se desta”, acrescenta a legenda. (Conexão Política)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Eleições 2022: Confira o que é preciso levar no dia da votação

 Conforme o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), a documentação poderá ser utilizada mesmo se estiver com data de validade vencida. Neste domi...